Prefeitura fecha três estabelecimentos em ação noturna em Copacabana e na Barra

Publicado em 12/02/2021 - 14:53 | Atualizado
Coordenada pela Seop, força-tarefa registrou dez multas por descumprimento de medidas sanitárias - Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio fechou três estabelecimentos em ação conjunta para coibir aglomerações, entre a noite desta quinta-feira, 11/02, e a madrugada desta sexta, 12/02, nas zonas Sul e Oeste. Na operação conjunta coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), a Dash Club, em Copacabana, não tinha alvará para atividade de boate, o Pink Flamingo, no mesmo bairro, não tinha autorização para funcionar como bar, e o depósito de bebidas “Tô com sede”, na Barra da Tijuca, descumpria interdição anterior por falta de alvará, sendo multado por desobediência. Ao todo, foram registradas dez infrações sanitárias em estabelecimentos de Copacabana, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Leblon.

As irregularidades encontradas pelos agentes foram aglomeração, distanciamento inadequado de mesas e cadeiras, funcionários sem máscara, clientes consumindo bebidas em pé, e pessoas fumando em área coberta. O depósito de bebidas fechado na Barra também foi multado por desobediência, pois já havia sido interditado anteriormente por falta de documentação.

Ainda como saldo da operação, dois veículos foram removidos por estacionamento irregular; um ambulante não autorizado foi orientado a se retirar; e 42 bebidas foram apreendidas.

 

Agentes já realizaram 443 inspeções em estabelecimentos – Divulgação/Prefeitura

 

Órgãos – Com integração da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, a ação contou com agentes do Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), da Guarda Municipal, e de coordenadorias da Seop: Licenciamento e Fiscalização (CLF), Controle Urbano (CCU) e Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), além do apoio da Polícia Militar. A Secretaria Municipal de Assistência Social também participou da força-tarefa, em Copacabana, atendendo seis pessoas em situação de rua, que receberam kit com máscara, lanche e água.

Balanço geral – Desde o dia 15 de janeiro, início das ações especiais coordenadas pela Seop para fiscalizar as medidas de proteção à vida e combate à Covid-19, agentes da Prefeitura já realizaram 443 inspeções em estabelecimentos, 232 infrações sanitárias e 37 interdições – nove delas em eventos clandestinos com público total estimado de mais de 4,5 mil participantes.

  • 12 de fevereiro de 2021