Prefeitura do Rio interdita ferro-velho irregular em Jacarepaguá

Publicado em 21/10/2021 - 07:08 | Atualizado em 21/10/2021 - 07:12
As cercas de chapas de ferro que invadiam a calçada foram removidas - Prefeitura do Rio

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), em ação conjunta com a Subprefeitura de Jacarepaguá, interditou nesta quarta-feira (20/10) um ferro-velho localizado na Estrada Arroio Pavuna, na área conhecida como “estrada do Urubu”, em Jacarepaguá, Zona Oeste. O estabelecimento funcionava sem autorização da Prefeitura. Desde julho, quando as ações de fiscalização desses estabelecimentos foram intensificadas, 42 ferros-velhos já passaram por inspeções em toda a cidade; sete foram interditados por funcionamento irregular.

 

 – A Secretaria de Ordem Pública seguirá fiscalizando ferros-velhos, justamente para inibir que eles sirvam como estabelecimentos receptadores de produtos furtados ou roubados, especialmente equipamentos públicos como fios, cabos e tampas de bueiros – afirmou o secretário Brenno Carnevale.

 

Durante a ação, cercas feitas com chapas de ferro que invadiam a área da calçada foram removidos, além de uma grande quantidade de entulho. Além disso, 27 grades da Prefeitura foram apreendidas. Uma ligação clandestina de água foi retirada pela Cedae.

A subprefeita Talita Galhardo, que acompanhou a ação, frisa que abusos não serão tolerados e que as ações de ordenamento e fiscalização vão continuar sendo realizadas para estabelecer a ordem pública em Jacarepaguá.

 

– Recebemos muitas denúncias de moradores de furto de cabos e de bueiros de ferro. Inclusive, aqui na Estrada Arroio Pavuna e na Avenida Imperatriz foram levados praticamente todos os bueiros. Os moradores sinalizam que são esses ferros-velhos clandestinos que  compram esse material. Por isso, a necessidade de fiscalizar esses comércios – explica Talita Galhardo.

 

A operação também reuniu equipes da Secretaria de Conservação, Comlurb, Guarda Municipal e teve apoio da Polícia Militar. Participaram da ação mais de 60 agentes públicos.

Vale citar que de janeiro a setembro deste ano foram feitos 851 registros de furtos de cabos e bueiros, superando o número total de 828 reclamações em 2020 através da Central de Atendimento 1746 da Prefeitura.

  • 21 de outubro de 2021