Prefeitura coíbe venda irregular de quentinhas na Lagoa

Publicado em 28/08/2020 - 17:16 | Atualizado
Mais de 40 refeições impróprias para consumo foram descartadas. Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio das secretarias municipais de Ordem Pública (Seop) e de Fazenda, montou uma operação conjunta nesta sexta-feira, 28/08, para coibir a venda irregular de quentinhas na Rua Epitácio Pessoa, na Lagoa, Zona Sul carioca. A ação foi deflagrada após denúncias e resultou na apreensão de 46 refeições comercializadas por dez ambulantes sem autorização. Quatro veículos utilizados para guardar os alimentos e como pontos de venda também foram multados por estacionamento irregular.

– Nossas equipes encontraram dez ambulantes irregulares vendendo esses alimentos preparados, o que é proibido pela legislação vigente. As quentinhas foram apreendidas e descartadas e os ambulantes orientados a deixar o local – informa Carlos Guerra, subsecretário de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda, um dos órgãos participantes.

Na ação, 246 bebidas também foram apreendidas e encaminhadas para o depósito municipal da Prefeitura, onde só podem ser retiradas mediante a apresentação da nota fiscal pelos ambulantes .

Órgãos – Com planejamento da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, a operação contou, ao todo, com fiscais da Subsecretaria de Vigilância Sanitária (ligada à Secretaria Municipal de Saúde) e da Coordenadoria de Controle Urbano (órgão da Secretaria Municipal de Fazenda responsável pela fiscalização do comércio ambulante), além da Guarda Municipal, da coordenadoria de Reboques da Seop, e da Comlurb.

Link para fotos e vídeos:

Ação de ordenamento na Lagoa

Crédito: Divulgação Seop / Prefeitura do Rio