Prefeitura aborda 234 pessoas em situação de rua e apreende armas brancas em operações na cidade

Publicado em 08/12/2022 - 12:15 | Atualizado
A Seop realizou operações de acolhimento e ordenamento urbano em diversos pontos da cidade - Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) realizou, nesta quarta-feira (7/12) e madrugada de quinta-feira (8/12), operações de acolhimento e ordenamento urbano em diversos pontos da cidade. As ações foram realizadas em Botafogo, Copacabana, Centro e na Avenida Brasil,  na altura da comunidade Nova Holanda e culminaram na abordagem de 234 pessoas em situação de rua e 39 acolhimentos, que foram encaminhadas para os abrigos da Ilha do Governador e Taquara.

Na ação realizada na Avenida Brasil foram apreendidos 57 objetos entre garfos, três cortadores de unha, seis facas, três celulares, quatro lança perfumes, seis relógios, dois cigarros eletrônicos, dois estiletes, oito pinos de cocaína, dois cachimbos, um alicate, sete tesouras, um pino perfurante, dois rio cards. A Comlurb recolheu aproximadamente uma tonelada de resíduos e lixo. Com a chegada das equipes, a maior parte das pessoas fugiu dos agentes, e apenas oito pessoas foram abordadas e nenhuma aceitou acolhimento. Foi necessário o fechamento da pista central da via, sentido Zona Oeste, entre a Comunidade do Parque União até a altura do Piscinão de Ramos.

– A Seop faz mais uma vez uma operação para desobstrução do espaço público, especialmente ali nas margens da Avenida Brasil, na altura da Maré, uma área que infelizmente algumas pessoas insistem em ocupar de forma irregular. Elas, na maioria das vezes, se evadem do local quando as nossas equipes chegam, por isso a gente precisa fechar inclusive a avenida durante um período de tempo para evitar atropelamento. A secretaria de Assistência Social presta o acolhimento para as pessoas que assim desejarem. Infelizmente, muitas dessas pessoas não demonstram interesse em serem acolhidas pelo município, e a prefeitura não vai deixar que essas pessoas também ocupem de forma irregular o espaço público trazendo desordem ou insegurança para a cidade – disse o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

A operação contou com a participação de agentes da Subprefeitura da Zona Norte, Guarda Municipal, da Coordenadoria de Ações Territoriais Integradas (CATI Seop), BRT Seguro, Secretaria de Assistência Social, Instituto Municipal de Vigilância Sanitária (IVISA) e Comlurb.

– A Prefeitura cumpre aquilo que é da sua atribuição, que é promover o acolhimento às pessoas em situação de rua. Mas, enquanto somente houver estas ações e não acontecer um movimento conjunto para combater o fornecimento de drogas e armas nas comunidades, o resultado não será diferente do que estamos tendo – afirmou o subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz.

Esta semana, os agentes também já atuaram na Zona Oeste. No total foram realizados 264 atendimentos, 42 acolhimentos e uma pessoa encaminhada a delegacia. Também foram apreendidos 86 objetos entre materiais cortantes e outros diversos.

  • 8 de dezembro de 2022
  • Skip to content