Coronavírus: Seop fiscaliza comércios da Zona Oeste, neste sábado, 28

Publicado em 28/03/2020 - 14:40 | Atualizado em 30/03/2020 - 10:49

Duas lojas já foram interditadas na Praça Seca, Jacarepaguá, por infringirem o decreto municipal que determina o fechamento de estabelecimentos não essenciais

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) prossegue, neste sábado (28), com as ações conjuntas para fiscalizar o fechamento obrigatório de parte do comércio da cidade, em cumprimento ao decreto municipal que estabelece medidas de combate ao novo coronavírus (Covid-19). Ao longo do dia, equipes do órgão, com a Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Fazenda, atuarão em diversos pontos da Zona Oeste.

Como resultado, duas lojas na Praça Secana região de Jacarepaguájá foram interditadas por infringirem o decreto (uma de utilidades domésticas na Rua Baronesa e outra de produtos naturais na Rua Cândido Benício)No roteiro da fiscalização também estão comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, bem como a orla do bairro, Vila Valqueire e orla da Barra da Tijuca.

Balanço de ontem – Nesta sexta-feira (27)16 estabelecimentos foram fechados em Campo Grande e no Centro por não se enquadrarem no roll de serviços essenciais previstos pelo decreto municipal, e sete se adequaram às novas normas de funcionamento (como restaurantes limitando-se ao serviço de delivery e padarias sem serviço de balcão). Toda a fiscalização foi planejada em atendimento a demandas de cidadãos registradas na Central 1746 (telefone, site ou aplicativo), denunciando o funcionamento irregular de comércios variados.

A restrição também abrange o comércio ambulante. Ontem, 12 produtos de limpeza e um banner foram apreendidos em Campo Grande, e levados para o depósito público municipal.

Balanço geral  Em uma semana, foram fiscalizados 911 estabelecimentos comerciais em toda a cidadeDestes, 657 fecharam após a orientação dos agentes municipais. Ao todo, dez ações especiais foram integradas pela Subsecretaria de Operações (Subop), com a Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Fazenda, entre quarta-feira, 18, sexta-feira, 27contemplando diversos bairros das zonas Sul, Norte e Oeste, além do Centro. O Programa Rio+Seguro, coordenado pela Seop, também realiza ações rotineiras de orientação de comerciantes em Copacabana e Leme.

A suspensão é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrútis; padarias (sem consumo no local); pet shops; lojas de materiais de construção; e postos de combustíveis. Mais informações no link: https://bit.ly/2UkFehX.