Centro e Rio das Pedras são alvos de fiscalização da Prefeitura nesta quinta-feira, 16/04

Publicado em 16/04/2020 - 18:29 | Atualizado
Os agentes orientaram estabelecimentos a se adequarem ao decreto municipal. - Foto: Divulgação/Seop

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), fiscalizou hoje, 16/04, o comércio no Centro da cidade, um dos quatro bairros mais demandados pelo Disk Aglomeração desde o lançamento do serviço. Duas lojas foram fechadas, entre elas uma especializada em equipamentos de cozinha industrial (serviço não essencial). Ambulantes também encerraram suas atividades após a passagem das equipes.

Os agentes percorreram a Central do Brasil e entorno, Lapa e ruas Riachuelo e Uruguaiana, orientando estabelecimentos a se adequarem ao decreto municipal (que proíbe, por exemplo, o consumo de alimentos nos locais de venda). À tarde, a operação seguiu para Rio das Pedras, na Zona Oeste, com apoio do 18º Batalhão de Polícia Militar.

Ontem (15/04), sete estabelecimentos não essenciais foram fechados em Campo Grande, na Zona Oeste, sendo duas lanchonetes, um restaurante e pizzaria, e lojas de móveis, acessórios para celular, perfumes e cosméticos, e de produtos naturais. Uma barraca de caldo de cana teve a moenda apreendida, e outros ambulantes foram orientados a se retirar. Já entre os estabelecimentos essenciais visitados, um hortifrúti foi notificado por expor mercadoria na calçada, obstruindo a circulação de pedestres. O roteiro da quarta-feira contemplou ainda trecho da Avenida das Américas, da Barra da Tijuca ao Recreio dos Bandeirantes. Uma lanchonete foi fechada, totalizando oito interdições por descumprimento ao decreto ao longo do dia.

Acumulado

Até quarta-feira (15/04), a Seop registou o fechamento de 2.600 estabelecimentos dos 3.410 fiscalizados em 63 ações conjuntas em toda a cidade. A suspensão do comércio é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrútis, padarias (sem consumo no local), e pet shops, seguindo horários especiais de funcionamento. A lista completa pode ser verificada no link: https://bit.ly/2V605pN.

Órgãos

A força-tarefa coordenada pela Seop conta com efetivos da sua Subsecretaria de Operações (Subop); da Guarda Municipal; da Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, vinculada à Secretaria Municipal de Fazenda; além da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, que integra a Secretaria Municipal de Saúde, da Comlurb e da Polícia Militar, de acordo com a necessidade operacional.

 

Município firma parceria com a Polícia Rodoviária Federal para reforçar combate ao crime organizado