BRT Seguro completa um ano com mais de 480 prisões e redução de 25% nas ocorrências de evasão

Publicado em 02/06/2022 - 12:11 | Atualizado em 02/06/2022 - 12:16
O BRT Seguro conta com agentes da Guarda Municipal e com policiais militares - Prefeitura do Rio

Lançado em junho de 2021, o programa BRT Seguro, da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), acaba de completar um ano. Durante esse período, já realizou mais de 480 prisões por roubo, furto, depredação de patrimônio público, importunação sexual e desacato. Além das conduções para a delegacia, os agentes já aplicaram mais de 900 multas por flagrantes de calotes, resultando na redução de 25% nas ocorrências de evasão e de 30% nas de vandalismo.

– O BRT Seguro é um projeto que cuida da segurança nas estações e nas calhas do BRT, e que conta com patrulhamento da Guarda Municipal e da Polícia Militar. É um trabalho fundamental da Prefeitura para as pessoas que utilizam esse modal e que precisam se locomover com mais segurança. Seguiremos trabalhando para dar mais ordenamento e dignidade à população carioca – destaca o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Para a diretora-presidente da Mobi-Rio, Cláudia Secin, a presença do BRT Seguro nas estações, principalmente no Centro de Controle Operacional, garante efetividade nas ações de monitoramento.

– Isso fica claro nas prisões que são realizadas diariamente de indivíduos que vandalizam as estações. Além disso, vem diminuindo o número de evasão, com multa e até prisão de quem insiste em descumprir a lei – afirma a gestora.

O programa conta com 122 policiais militares por dia, que atuam nas folgas por meio de inscrição no Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), além de 30 guardas municipais, que estão presentes nas estações do BRT através de baseamento e patrulhamento móvel, nos três corredores do sistema: Transcarioca, Transoeste e Transolímpica. Os agentes atuam diariamente para combater a criminalidade, a evasão de passagens, os atos de vandalismo, além de promover o ordenamento nas estações.

– Trabalhamos de forma preventiva para proporcionar sensação de segurança aos usuários do transporte. E contamos com o apoio do Centro de Controle Operacional da Mobi-Rio, que através do sistema de câmeras monitora todo o modal e, em caso de necessidade, encaminha as solicitações para as equipes resultando em rápida intervenção a qualquer delito que venha a surgir – complementa o gerente do programa BRT Seguro, Eider Figueiredo.

Prisão em Curicica

Agentes do programa BRT Seguro prenderam, nesta quarta-feira (1/6), um homem de 37 anos pelo furto de cabos da estação Leila Diniz, em Curicica, Zona Oeste do Rio. A equipe, formada por guardas municipais e policiais militares, foi acionada por volta de 10h40min pelo Centro de Controle Operacional da Mobi-Rio que flagrou, pelas câmeras, o momento em que o acusado removia cabos da estação.

Os agentes chegaram rapidamente e efetuaram a prisão do homem. Os fios furtados estavam dentro de uma mochila junto com a faca usada para removê-los. Ele foi conduzido para a 32ª DP (Taquara) onde foi autuado pelo crime de furto.

 

  • 2 de junho de 2022