Semana do Servidor: Arquiteto que lida com dados de transporte usa a fotografia para inspirar o trabalho e a vida

Publicado em 27/10/2021 - 07:00 | Atualizado em 29/10/2021 - 15:15
  • Início/
  • /
  • Semana do Servidor: Arquiteto que lida com dados de transporte usa a fotografia para inspirar o trabalho e a vida
Leandro Maravilha Bezerra, servidor da SMTR - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

O casal idoso sentado em um banco na orla sob coqueiros e o céu azul, na companhia de um cachorrinho, ganhou uma interpretação própria pelas lentes de Leandro Maravilha Bezerra. Para ele, o clique feito numa Copacabana vazia mostra que mesmo um lugar movimentado às vezes pode ser solitário (veja a imagem abaixo). Assim são as fotos desse arquiteto de formação, lotado na Secretaria Municipal de Transportes: elas retratam o cotidiano e ganham um significado. Na prática, fotografar é um exercício que ajuda Leandro a pensar fora da caixa.

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Antes de chegar à Prefeitura, em 2013, o arquiteto já havia participado do restauro do palacete do Parque Lage e de projetos de grandes empreendimentos como o Hotel Glória e a Casa Daros, entre outras atividades. E em todos os trabalhos, sempre buscou tempo para lançar um olhar apurado para o que estava a sua volta.

Com essa história, seguimos com a série de cinco reportagens que estão sendo publicadas desde segunda-feira (25/10) no site da Prefeitura, em homenagem ao Dia do Servidor, comemorado quinta-feira (28/10). Até sexta (29/10) será divulgado um perfil por dia, contando como é a rotina de alguns desses profissionais dedicados ao município, que diariamente trabalham para melhorar a cidade e a vida dos cariocas.

Leandro acredita que a fotografia ajuda na sua produção na Coordenadoria de Modelagem e Tratamento de Dados da SMTR. Ele cuida, por exemplo, dos dados gerados pelo monitoramento de linhas de ônibus por GPS e que são usados para subsidiar o planejamento da mobilidade da cidade. Ter um hobby funciona como um alívio na rotina.

 

– Por causa da pandemia tenho circulado e fotografado menos. Mas encaro a fotografia como uma forma de comunicação. A arte ajuda você a buscar soluções fora de um padrão adotado. Ainda mais na administração pública, que envolve muita burocracia, é fundamental buscar a inovação. E isso não ocorre só pela fotografia, pode ser pela dança, pelo cinema – conta Leandro, que é autodidata. – Nunca fiz curso, mas tive a oportunidade de trabalhar com direção de arte, cenografia, e nesses locais eu observava muito, ia absorvendo e colocando em prática.

 

Para Leandro, foto é uma questão de observação:

 

– Às vezes tem um ângulo diferente, você faz uma composição. Tem um prédio, uma vegetação. Pode surgir uma foto de um emaranhado de fios. É como uma nova linguagem que você vai criando.

 

A seguir, fotografias feitas por Leandro:

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Foto de Leandro Maravilha Bezerra servidor da SMTR

 

Semana do Servidor: Administrador que restaura móveis diz que seu hobby evita consumo desnecessário 

 

Semana do Servidor: Funcionária da CGM que já foi camelô e empresária retoma antiga paixão, seu canal sobre vida vegana 

 

Semana do Servidor: Quando não está preparando a cidade para as chuvas, engenheiro da Rio-Águas acelera nas pistas de corrida

Semana do Servidor: Músico da Banda da Guarda Municipal pedala até 1.200 quilômetros em super prova de ciclismo

  • 27 de outubro de 2021