Desafio COR: startup de inteligência artificial para o aprimoramento da previsão de chuvas na cidade do Rio recebe certificado

Publicado em 28/07/2021 - 19:14 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Desafio COR: startup de inteligência artificial para o aprimoramento da previsão de chuvas na cidade do Rio recebe certificado
Profissional trabalha no Centro de Operações - Jorge Pex / Prefeitura do Rio

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio certificou na tarde desta quarta-feira (28/07) a startup Nimbus, que nasceu durante o “Desafio COR”, programa de aceleração e inovação do órgão. A Nimbus participou da segunda edição do desafio, em 2019, com a ferramenta Cronos, uma plataforma online de inteligência artificial capaz de prever local (região), hora e intensidade das chuvas com 12 horas de antecedência, além do deslocamento dos núcleos. O projeto deu tão certo que a plataforma vem sendo utilizada de forma experimental pelo COR em dias chuvosos, auxiliando na resposta operacional das equipes de rua.

A Nimbus é formada pelos jovens meteorologistas Luiz Silva e Letícia Freitas, que viram no Desafio COR a oportunidade de desenvolver o Cronos. Foi durante o programa que a startup saiu do papel, com direito a CNPJ, e a equipe teve acesso a consultorias do Alerta Rio – sistema de previsão do tempo da Prefeitura do Rio -, entre outros órgãos parceiros, para a criação da plataforma, que alcança hoje um índice de assertividade de 90%.

 

– O Desafio COR foi o berço da nossa empresa. Recebemos toda a atenção e orientações necessárias. As equipes destacaram pontos de vulnerabilidade do nosso projeto e até hoje temos todo o suporte possível para aprimorar a ferramenta. Nosso objetivo é ser o mais previsível e detalhista, disponibilizando ao município uma ferramenta de alta assertividade, capaz de diminuir a vulnerabilidade desses eventos chuvosos em conjunto com o pessoal do Alerta Rio. Sabemos da natureza caótica da atmosfera e a dificuldade inerente na previsão de chuvas, mas esse é o nosso desafio – ressalta Luiz.

 

Atualmente, o índice de assertividade da plataforma é de mais de 90% em relação à previsão de chuva, e de mais de 75% em relação à tendência de deslocamento (a “rota”) dos núcleos de chuva ou a possibilidade estacionária do acumulado. A ferramenta de inteligência artificial trabalha com informações dos radares do Sistema Alerta Rio e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Modelo de simulado feito na plataforma – Jorge Pex / Prefeitura do Rio

 

A certificação

A Nimbus é a quarta startup certificada pelo COR, depois da Noah, com seus sensores inteligentes de alagamento; da VM9, que desenvolveu uma plataforma de mobilidade urbana sobre o sistema BRS (faixa exclusiva de ônibus); e da Wiiglo, que também criou uma plataforma de monitoramento do sistema de ônibus. O certificado qualifica a solução tecnológica desenvolvida durante o desafio para que seja integrada ao conjunto de ferramentas analisadas em tempo real pelo COR.

O chefe executivo do COR, Bruno Ramos, ressalta a importância do desafio para o fomento de soluções inteligentes que contribuam para a resiliência da cidade.

 

– Nossa meta é deixar o Rio cada vez mais preparado para prever e responder às chuvas fortes, e o Desafio COR é uma incubadora de ideias inovadoras que permite isso – afirma Bruno Ramos, antecipando a continuidade do projeto, que deve ter sua terceira edição em breve.

 

Sobre o Desafio

O Desafio COR é uma iniciativa de incentivo a políticas públicas de inovação no município. O evento, com duas edições até agora (2018 e 2019), é realizado pelo COR e contou com diversos parceiros, como a Associação Brasileira dos Mentores de Negócios (ABMEN), ITDP Brasil e Green4T, Instituto Clima e Sociedade (iCS), IBM, C40 Cities, BNDES, Fábrica de Startups, Engie e IplanRio. O programa de aceleração conta com participantes, inscritos no site do projeto, que desenvolveram soluções inovadoras em resposta a eventos meteorológicos severos e a eventos com impactos na mobilidade.

  • 28 de julho de 2021