Coordenadoria de Igualdade Racial abre inscrições para oficina de tranças

Publicado em 13/08/2021 - 15:01 | Atualizado em 13/08/2021 - 15:02
Projeto “Trançando Vidas” visa fomentar empreendedorismo de mulheres negras - Arty Solomon / Nappy

A Coordenadoria Executiva de Promoção da Igualdade Racial (CEPIR), vinculada à Secretaria de Governo e Integridade Pública da Prefeitura do Rio, abre, nesta sexta-feira (12), as inscrições para a Oficina Trançando Vidas, projeto de fomento ao empreendedorismo negro feminino. Além de ensinar a fazer diversos tipos de tranças, como box braids e nagô, a ação também abordará noções de empreendedorismo, marketing digital e e-commerce, e terá momentos dedicados ao estudo do Sagrado Feminino.

O curso, que começa já no próximo dia 21, terá duração aproximada de um mês e meio, e é uma parceria da CEPIR com o Paraíso das Tranças, comandado pela empresária Luana Alcantara. Os encontros acontecerão duas vezes por semana, às terças e sábados, às 9 horas da manhã, em Madureira. Neste primeiro momento, serão disponibilizadas oito vagas.

Para se inscrever, é preciso preencher o formulário pelo link https://bit.ly/oficina-trancando-vidas, até a próxima segunda-feira (16). A seleção será feita por sorteio.

– É um compromisso da CEPIR pensar saídas para os problemas que a crise sanitária tem causado na nossa cidade. Isso passa por duas dimensões: a primeira, a da acolhida, da atenção às demandas das pessoas, para que possamos criar uma rede de proteção dentro da Prefeitura. A segunda, medidas de acesso à renda. A oficina é um espaço de acolhida, de encontro para as mulheres negras e um jeito de fazer a roda do acesso à renda girar – afirma o coordenador executivo de Promoção da Igualdade Racial, Jorge Freire.

– O que queremos levar para essas mulheres é a possibilidade de elas trabalharem com algo que seja prazeroso e que as permita conciliar a vida pessoal com a profissão. Queremos fazê-las se conectarem umas às outras, resgatar sua autoestima, dar a elas uma nova oportunidade de recomeçarem – afirma Luana Alcantara, que ministrará a oficina.

  • 13 de agosto de 2021