Arquivo Geral da Cidade comemora 128 anos mostrando ao público preciosidades de seu acervo

Publicado em 04/08/2021 - 14:28 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Arquivo Geral da Cidade comemora 128 anos mostrando ao público preciosidades de seu acervo
Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro - Divulgação / Prefeitura do Rio

O Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, integrado à Secretaria de Governo e Integridade Pública (SEGOVI) da Prefeitura do Rio, comemora seu 128º aniversário nesta quinta-feira (05/08), mas a semana inteira está dedicada a mostrar um pouco dos bastidores da instituição – cuja história se confunde com a da própria cidade. A criação do Arquivo remonta ao ano de 1567, quando se tem conhecimento dos primeiros registros de criação do antigo Arquivo da Câmara Municipal, apenas dois anos após a fundação da cidade. No entanto, somente no dia 5 de agosto de 1893, o então Archivo Geral da Prefeitura do Distrito Federal passou a ser uma instância autônoma na estrutura organizacional do executivo municipal, conforme o Decreto nº 44, promulgado pelo prefeito Henrique Valadares e pelo Conselho de Intendência.

– O aniversário do Arquivo da Cidade está sendo comemorado com entusiasmo nesta nova fase do Rio. Demos prioridade à gestão dos documentos, de forma moderna e objetiva. Criamos o departamento de promoção cultural que está sacudindo o público com os Depoimentos Cariocas. Grandes nomes como Zuenir Ventura e Saturnino Braga emocionam com suas histórias. O Rio, sua história e sua gente são o centro de nossas atenções. Somos cariocas apaixonados – comemora a historiadora e presidente do AGCRJ, Rosa Maria Araújo.

Para celebrar a data, o Arquivo Geral da Cidade separou alguns destaques do dia-a-dia de seus diversos setores para compartilhar com o público em seus perfis no Instagram e no Facebook. Os trabalhos foram abertos na segunda-feira (02/08), com uma pérola trazida pela Subgerência de Documentação Escrita: um croqui da antiga Fábrica Progresso – atual prédio onde funciona a Fundição Progresso, no bairro da Lapa. Já na terça-feira (03/08) foi a vez de uma fotografia do acervo iconográfico de Augusto Malta, trazida às redes sociais do Arquivo da Cidade pela Subgerência de Documentação Especial.

Nesta quarta-feira (04/08), a Subgerência de Memória joga luz sobre o Dicionário Biográfico da Administração, acessível por meio do site do Arquivo Geral da Cidade (http://expagcrj.rio.rj.gov.br/). Já no próprio dia 5, além de uma postagem produzida pela Subgerência de Conservação e Restauração, as redes sociais da instituição trazem um vídeo com um depoimento exclusivo da professora Terezinha Saraiva, ex-secretária de Educação e de Cultura nas esferas estadual e municipal. Hoje, aos 96 anos, ela relembra neste vídeo sua contribuição no projeto de construção da atual sede do Arquivo Geral da Cidade, inaugurada em 1979, na gestão do prefeito Marcos Tamoyo, quando serviu como Secretária Municipal de Educação e Cultura.

As ações nas redes do AGCRJ se completam na sexta-feira (06/08), com uma postagem da Biblioteca Oswaldo Porto Rocha sobre um de seus livros raros, e no sábado (07/08), com um relato sobre os trabalhos da Gerência de Gestão Documental.

Links:

Instagram: https://www.instagram.com/arquivogeraldacidadedorio/
Facebook: https://www.facebook.com/AGCRJ/

  • 4 de agosto de 2021