Secretaria do Ambiente e Clima flagra trator e operários atuando em condomínio irregular na Zona Oeste

Publicado em 11/11/2022 - 18:55 | Atualizado
Equipamento usado em demolição na Zona Oeste - Divulgação

Na tarde desta sexta-feira (11/11), equipes de fiscalização da Secretaria do Ambiente e Clima (SMAC), com o apoio da Polícia Militar Ambiental, flagraram operários realizando obras irregulares em um condomínio que já havia sido embargado por crimes ambientais, em Santíssimo, na Zona Oeste do Rio.

A fiscalização ambiental da Prefeitura estava monitorando a região, que fica na Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca. No momento da ação, os funcionários estavam construindo na Avenida Santa Cruz, altura do número 10.315, um ponto que já havia sido reflorestado pela Prefeitura e transformado em área de preservação permanente.

A equipe identificou crimes ambientais como desmatamento, movimentação irregular de solo e construção sem a devida licença ambiental.

 

– Essas áreas reflorestadas são importantíssimas na manutenção da biodiversidade e na mitigação dos efeitos das mudanças climáticas. Vamos seguir atentos a essas atividades irregulares que degradam nosso meio ambiente e combatê-las – destacou o vice-prefeito e secretário municipal do Ambiente e Clima, Nilton Caldeira.

 

O coordenador de Defesa Ambiental da SMAC, José Maurício Padrone, destacou que as obras para construção do condomínio ilegal já haviam sido embargadas, mas os operários voltaram a atuar:

 

– O responsável continuava trabalhando pontualmente nos finais de semanas e feriados para ludibriar a fiscalização. Hoje, nossas equipes e a PM Ambiental obtiveram êxito em apreender a retroescavadeira e conduzir os responsáveis para a  delegacia.

 

Três operários foram levados para a 35° DP (Campo Grande), e uma retroescavadeira foi apreendida.

  • 11 de novembro de 2022
  • Skip to content