Secretaria do Ambiente e Clima firma parceria inédita com a Fiocruz para capacitação de agentes ambientais

Publicado em 26/10/2022 - 17:42 | Atualizado em 26/10/2022 - 17:47
  • Início/
  • /
  • Secretaria do Ambiente e Clima firma parceria inédita com a Fiocruz para capacitação de agentes ambientais
A aula inaugural do curso foi realizada nesta quarta-feira - Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria municipal do Ambiente e Clima (SMAC), firmou uma parceria inédita com a Fiocruz para a realização de um curso com o objetivo de qualificar os agentes ambientais comunitários que atuam no Centro de Educação Ambiental da pasta. O grupo será qualificado para desenvolver ações em áreas de vulnerabilidade social acerca da educação ambiental climática, tema em alta em todo o mundo na atualidade.

A parceria para a realização do curso foi uma das primeiras iniciativas assinadas pelo vice-prefeito da cidade e atual secretário do Ambiente e Clima, Nilton Caldeira, no dia 28 de junho.

– É de extrema importância que a população compreenda, desde cedo, os benefícios de cuidar do meio ambiente e os impactos graves das mudanças climáticas, que afetam diretamente a vida de todos nós. Esse curso tem exatamente esse objetivo: capacitar os agentes para transmitir essa importante mensagem de alerta, de forma educativa, durante as atividades com os cariocas.

A aula inaugural foi realizada nesta quarta-feira (26/10) e contou com a presença do subsecretário de Biodversidade e Clima, Douglas Moraes, que representou o secretário Nilton Caldeira, e destacou a importância da participação da sociedade civil e da área da Educação no trabalho da pauta do meio ambiente.

Ao final das aulas, os agentes ganharão certificação para desempenharem atividades junto à população, orientando sobre os impactos das mudanças climáticas e a importância de substituir hábitos prejudiciais ao meio ambiente. Ao todo, 89 agentes ambientais da secretaria participarão da capacitação.

Noções de ecologia, desmatamento, ilhas de calor, aquecimento global, poluição atmosférica, saneamento ecológico, segurança alimentar e educação ambiental climática estão entre as disciplinas que serão estudadas. O último tema inclui conceito, características, ações práticas, além de estratégias pedagógicas para implementação da educação ambiental e climática nos territórios. As aulas seguirão alguns formatos: aulas de campo, lúdicas, dialógicas, problematização, entre outros.

Atualmente, os agentes ambientais da SMAC desempenham atividades em diferentes comunidades da cidade, como Complexo do Alemão, Vila Kennedy, Salgueiro e Rocinha.

O curso, de tema inédito na cidade, terá carga horária de 60 horas, com duração de três meses, sendo concluído no dia 30 de janeiro de 2023. A formatura dos agentes está prevista para fevereiro.

  • 26 de outubro de 2022
  • Skip to content