Última semana para inscrição no edital Favela Inova

Publicado em 14/04/2021 - 13:04 | Atualizado em 14/04/2021 - 13:12
Jovens de 18 a 29 anos têm até o dia 16 para inscrever seus projetos e ideias - Beth Santos/Prefeitura

Com os altos índices de desemprego e a crise econômica causada pela pandemia de Covid-19 a juventude encontra dificuldades para conseguir um trabalho e gerar renda. Uma boa alternativa para driblar essa situação é investir em uma ideia inovadora e no próprio projeto ou negócio. O Favela Inova surgiu dessa necessidade e vai orientar e impulsionar até 30 ideias e projetos de grupos de dois a cinco jovens de 18 a 29 anos que geram impacto positivo em comunidades, favelas e bairros periféricos da cidade. As inscrições vão só até a próxima sexta-feira, dia 16, no link: http://bit.ly/favelainova.

O Favela Inova é uma iniciativa da Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) em parceria com o Pólen, Polo de Inovação da Unisuam. Os projetos e ideias selecionados para participar do edital vão competir por uma posição entre os três finalistas nas duas categorias de inscrição: germinação, para ideias em estágio inicial, e incubação, para projetos que estão num estado mais avançado de desenvolvimento. Serão distribuídas até 30 bolsas de estudo integral de graduação para os integrantes das equipes finalistas.

Secretário da JUVRio, Salvino Oliveira explica que o edital surgiu para fortalecer a geração de emprego e renda entre os jovens da cidade, que representam, atualmente, 31,4% de desocupados na faixa de 18 a 24 anos.

– O objetivo é potencializar o perfil empreendedor já existente nas favelas e periferias do Rio e dar sustentabilidade de médio e longo prazos às ideias inovadoras desenvolvidas pela juventude nesses territórios. No fim do programa, a JUVRio vai disponibilizar ainda um diagnóstico da juventude empreendedora do Rio com base nos dados e informações dos inscritos e selecionados.

As 30 propostas de ideias e projetos inovadores selecionados vão participar do Programa de Germinação e Incubação do Pólen, podendo ser de pessoas físicas ou jurídicas, com ou sem CNPJ. Para acelerar seus processos empreendedores serão oferecidas mentorias, oficinas, rede de contato, auxílio na estruturação dos negócios, apoio internacional e créditos em serviço para os projetos selecionados.

Segundo Diego Braga, gerente de Inovação da Unisuam, o Favela Inova contará com um time de mentores especialistas altamente qualificados para orientar os jovens de acordo com a fase do projeto inscrito – seja embrionário ou já atuante no mercado. Além disso, o programa contará com suporte dos parceiros nacionais e internacionais do Pólen, o Pólo de Inovação, disponibilizando ferramentas que visam otimizar e potencializar o processo de evolução dos negócios.

  • 14 de abril de 2021