Carta de Compromisso com as Juventudes Brasileiras é assinada por secretários

Publicado em 05/10/2021 - 12:00 | Atualizado em 05/10/2021 - 16:34
Jovem carioca - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) e 14 representantes de secretarias, comissões e conselhos voltados para esse público nas capitais do país lançam, nesta terça-feira (05/10), a Carta Compromisso com as Juventudes Brasileiras. O documento, assinado virtualmente, irá propor medidas para a coordenação, elaboração e execução de políticas públicas no âmbito do Poder Executivo, concentrando-se especialmente nas iniciativas nacionais de aprimoramento de políticas para juventudes.

A partir de então, com o uso dos instrumentos necessários, o grupo irá propor por iniciativa própria medidas concretas e normativas para o aperfeiçoamento da prestação jurisdicional que impactem positivamente os jovens brasileiros. Essa iniciativa visa fortalecer as políticas nacionais de juventude e defender organizações nacionais que cuidam do tema, como o Conselho Nacional da Juventude e o Sistema Nacional de Juventude.

Com a assinatura, os gestores irão firmar compromissos a fim de conter o processo de marginalização social e promover o empoderamento da juventude, levando em consideração a Agenda 2030 das Nações Unidas. Esses objetivos deverão ser cumpridos a partir da cooperação entre as instituições responsáveis pelas políticas públicas de juventude nos diferentes municípios que fazem parte do grupo.

Entre as ações estão: assegurar o direito à cidade; construir políticas públicas comprometidas com a prevenção e combate do genocídio de jovens negros; fornecer capacitação; promover ações de combate à depressão e doenças que afetem a saúde mental; e incluir jovens em instituições políticas.

Para o secretário especial da Juventude Carioca, Salvino Oliveira, firmar o compromisso com outras capitais representa uma luta contra o desmonte das políticas de juventude.

 

— Nós temos o desafio de encarar um governo federal que não aposta nos jovens e não enxerga os jovens em todas as suas potencialidades. Os gestores das capitais têm a missão e o dever de proteger os jovens nas cidades, que é onde a vida de fato acontece. Ao lançar essa Carta, nós apontamos para um horizonte de maior inclusão e de políticas de juventude consolidadas para os 50 milhões de jovens brasileiros.

 

A carta será assinada por autoridades públicas das capitais dos Estados do São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima e servirá como instrumento de promoção de políticas públicas para todos os demais entes da federação.

Confira aqui o documento completo: Carta de Compromisso com as Juventudes Brasileiras

  • 5 de outubro de 2021