Vencedora da licitação terá que investir, no mínimo, R$ 92 milhões no Polo Cine Vídeo

Publicado em 14/03/2022 - 10:30 | Atualizado em 14/03/2022 - 10:50
Empresa vencedora da licitação terá a cessão para exploração de uso do espaço por 30 anos - Arquivo/Prefeitura Rio

A Prefeitura do Rio anunciou que a empresa Quanta venceu a licitação para administrar o Polo Cine Vídeo, na Barra da Tijuca, pelo prazo de 30 anos, com investimento mínimo de R$ 92 milhões. A divulgação do nome da nova concessionária do espaço foi feita pelo Diário Oficial, na semana passada.

O imóvel, localizado na Avenida Embaixador Abelardo Bueno, já conta com estúdios e outras áreas de apoio. Esta concessão viabilizará a modernização da infraestrutura dos estúdios atuais e a construção de novos, dedicados ao setor audiovisual da cidade. Toda área que abriga o Polo Cine Vídeo possui cerca de 60 mil m². A concessionária precisará reformar as edificações existentes e construir pelo menos mais oito novos estúdios com área de 600 m² cada, além da área adicional destinada à instalação de lojas e demais espaços comerciais.

Durante o prazo do contrato, a empresa vai arcar com a manutenção geral do espaço, como iluminação, instalações prediais, tratamento acústico, sistema de áudio e vídeo, climatização, paisagismos, entre outros.  A modernização dos escritórios, restaurantes, casas de geradores e transformadores também faz parte do escopo. A concessionária terá uma carência, de 30 meses sem pagamento de aluguel, para realizar as obras.

A concessão do Polo Cine Vídeo foi realizada pela secretaria de Infraestrutura e a RioFilme. A reestruturação do local é uma das metas do plano de Retomada do Audiovisual da RioFilme, que tem como objetivo fortalecer o ambiente produtivo e exibidor na cidade.

  • 14 de março de 2022