Mais 50 mil moradores beneficiados com o Cuidar da Cidade, dessa vez em Padre Miguel

Publicado em 01/11/2019 - 12:01 | Atualizado em 01/11/2019 - 18:14
Diversas ações da Prefeitura, como poda de árvores, começaram a dar "nova roupagem" a Vila Vintém. Divulgação/ Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou na manhã desta sexta-feira, 1º de novembro, o início das ações do Cuidar da Cidade em Padre Miguel, na Zona Oeste. Nesta 36ª edição do programa de zeladoria, estão previstos, ao longo dos próximos dias, atendimentos com base em 76 chamados iniciais feitos por moradores à Central 1746. A maioria das demandas é relacionada a serviços de pavimentação (25), drenagem (16) e iluminação pública (15). As ruas com mais solicitações são Marechal Marciano e Marechal Falcão da Frota. Ao todo, o mutirão beneficiará cerca de 50 mil moradores da região, residentes em mais de 60 vias.

A Rioluz está reformando o sistema de iluminação da Praça Favelart e arredores. Fotos: Edvaldo Reis/ Prefeitura do Rio

– Nós vamos trocar toda a iluminação dessa praça, que está dando choque, por conta de curto-circuito. Vamos tapar os buracos  e podar árvores ao redor. Vamos cuidar também da quadra esportiva e  faremos uma cobertura sobre a academia da terceira idade. Tudo vai ficar mais  iluminado, mais bonito, muito mais agradável para nossa gente querida da área de Padre Miguel. Já de manhã cedo, a Prefeitura está nas ruas trabalhando muito pelos moradores – afirmou Crivella.

Como nas demais áreas já atendidas, o Cuidar da Cidade executará ainda varrição manual, limpeza de ralos, remoção de lixo, entulho e bens inservíveis, reboques de carcaças de carros abandonadas, raspagem de postes, roçada e capina de vegetação, além de plantio de mudas em canteiros espalhados pelas laterais das vias públicas. Também há drenagem, pavimentação, retirada do acúmulo de água e reboque de carcaças de veículos abandonados nas ruas.

Uma das principais intervenções é na Praça Favelart, na Rua Santo Everardo, no centro da comunidade, em relação ao sistema de iluminação. Os servidores estão corrigindo diversas irregularidades nas ligações elétricas. Novos acessos aos equipamentos vão facilitar a manutenção do sistema.

Luiz Pedro dos Santos, de 73 anos, um dos moradores mais antigos da localidade, se disse satisfeito com as intervenções da Prefeitura.

– Nós, moradores, chegamos a nos reunir há um tempo atrás e dar um trato superficial na Praça Favelart e em seu redor. Mas precisávamos mesmo de  um megamutirão desse tipo. O bairro já está ganhando nova roupagem – agradeceu Luiz Pedro.

Luiz Pedro dos Santos, de 73 anos, um dos moradores mais antigos da localidade, se disse satisfeito com as intervenções da Prefeitura. “Estávamos precisando desse mutirão”/ Foto: Edvaldo Reis/ Prefeitura do Rio

SAIBA MAIS SOBRE O CUIDAR DA CIDADE

Desde que o programa de zeladoria foi criado, em janeiro, diversas áreas em 28 bairros já foram beneficiadas por mais de 20 mil ações. Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza órgãos municipais como a Subsecretaria de Conservação; as secretarias de Saúde e Educação; Comlurb;  Rioluz;  Fundação Parques e Jardins; CET-Rio; Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, entre outros.

 

CUIDAR DA CIDADE JÁ PASSOU PELOS SEGUINTES LOCAIS:

ZONA NORTE

– Tijuca/Praça Afonso Pena

– Tijuca/Praça Saens Peña

– Ilha do Governador/Ribeira

– Ilha do Governador/Pitangueiras

– Rocha Miranda

– Méier

– Vigário Geral

– Pavuna

– Penha

 

ZONA OESTE

– Bangu

– Padre Miguel

– Santa Cruz

– Campo Grande

– Cidade de Deus

– Inhoaíba

– Campo Grande / Conjunto da Marinha

– Vila Valqueire

– Pechincha

– Paciência

– Anil

– Realengo

– Recreio dos Bandeirantes

– Cosmos

– Vila Moretti (Bangu)

– Jardim Caxangá (Senador Vasconcelos)

– Santíssimo

 

CENTRO

 

ZONA SUL

– Leblon

– Copacabana

– Serzedelo Correia