Escola Municipal República El Salvador, em Piedade, é entregue reformada a estudantes

Publicado em 20/08/2019 - 14:58 | Atualizado
A Escola Municipal República El Salvador, em PiedadePrefeitura divulga lista de escolas municipais que vão distribuir almoço - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou nesta terça-feira, dia 20 de agosto, as obras de reforma da Escola Municipal República El Salvador, em Piedade, Zona Norte da cidade. A unidade é uma das 200 da rede de ensino da Prefeitura que receberão melhorias na infraestrutura.  Foi feita a impermeabilização do telhado, recuperação da quadra, revestimento de piso e parede, instalação de drenos de ar-condicionado, além de pintura externa e interna.

– Quero apenas rapidamente dizer que o Rio tem problemas sérios, problemas de poluição, de violência. Para a gente vencer isso tudo, precisamos que vocês (dirigindo-se aos alunos) estudem bastante. Se você sonha um dia ser dono de empresa, piloto de avião, médico, engenheiro, prefeito,  tem que amar seus professores como se fossem pai e mãe.  Um dia nós estivemos no mesmo lugar que vocês estão, nós amamos nossos professores, ouvimos o que eles nos ensinaram. Uma criança que faz tudo isso, vai longe.  Esse amor e esse respeito vão fazer de vocês pessoas lindas e maravilhosas – afirmou Crivella.

O investimento nas obras, segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação, foi de cerca de R$ 400 mil.

–  Estamos trazendo de volta a dignidade às escolas. Eu também fui aluna da rede pública igual a vocês e hoje sou uma secretária. Que vocês se dediquem, ajudem os professores, tirem boas notas para que vocês tenham um futuro muito melhor, e para que o Rio seja melhor  – disse a secretária municipal de Educação, Talma Suane.

Alunos na nova quadra da Escola Municipal República El Salvador, em Piedade
Alunos na nova quadra da Escola Municipal República El Salvador, em Piedade. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

A escola tem 462 alunos  e funciona em três turnos, com turmas do 6° ao 9° ano durante o  dia, e para integrantes do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja), à noite.

– Devolver uma escola com melhorias, com ambiente ideal para nossos estudantes, era um de nossas principais metas este ano, agora cumprida – ressaltou a diretora da unidade, Maria Kátia Pontes de Lima.

Alunos da escola apresentaram números de canto e dança. A banda da Guarda Municipal também tocou para o público que acompanhou o evento.