Prefeitura do Rio impede festa clandestina em Vargem Pequena e luau no Arpoador

Publicado em 07/02/2021 - 12:02 | Atualizado em 07/02/2021 - 17:28
No espaço, que foi interditado pela Vigilância Sanitária, os agentes encontraram toda a estrutura montada para o evento - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio interrompeu, na tarde deste domingo (07/02), uma festa irregular que acontecia em casa de eventos clandestina em Vargem Pequena, na Zona Oeste. No espaço, que foi interditado pelo Instituto de Vigilância Sanitária, os agentes encontraram toda a estrutura montada, com direito a palco com telão, tendas, caixas de som, iluminação, bebidas e até um gerador de energia. Cerca de 60 pessoas deixaram o local. A operação contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

Já em outra ação realizada entre a noite de sábado (06/02) e a madrugada deste domingo, a boate Red Nine Club, no Centro, também foi fechada por descumprir medidas de prevenção à Covid-19. Os agentes constataram pista de dança, aglomeração, pessoas consumindo bebidas em pé e som alto. O estabelecimento foi multado em R$ 2.812,14 e recebeu interdição cautelar até às 7h deste domingo.

Desde o dia 15 de janeiro, início das ações especiais de proteção à vida e combate à Covid-19 coordenadas pela Seop, agentes da Prefeitura já realizaram 397 inspeções em estabelecimentos, 204 infrações sanitárias e 35 interdições – nove delas em eventos clandestinos com público total estimado em mais de 4,5 mil participantes.

Aglomeração para luau dispersada

Na madrugada deste domingo, entre 1h e 2h, o comboio integrado pela Seop, com reforço do efetivo da Guarda Municipal, agentes de Controle Urbano, Coordenação de Reboques, Vigilância Sanitária, Assistência Social e 23° Batalhão da Polícia Militar (Leblon) dispersou  um grupo de aproximadamente 80 pessoas, que se reunia na altura do Posto 8, em Ipanema, para participar de um luau que aconteceria na Pedra do Arpoador.

– Essa integração com a PM e a presença ostensiva da GM nas ruas é muito importante para uma pronta resposta nesse tipo de ocorrência, sempre com foco na proteção do cidadão – afirma o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

O comandante da Guarda Municipal, inspetor geral Ricardo Soares, corrobora com o secretário:

– Recebemos informação sobre a realização de um luau que aconteceria no Arpoador e estamos atuando para coibir esse tipo de evento, que não foi autorizado pela prefeitura e será devidamente impedido pelas nossas equipes durante o patrulhamento preventivo na orla.

 

Guarda Municipal participa de ação conjunta e dispersa aglomeração na praia de Ipanema – Divulgação/Prefeitura do Rio

 

O comboio percorreu a Praia do Arpoador, a Praia de Ipanema (entre os postos 8 e 9) e outros pontos de Copacabana, resultando na retirada de três ambulantes irregulares, apreensão de quatro garrafas de vidro e um botijão de gás, além da inspeção em boates e atendimento a 13 pessoas em situação de rua. Três veículos também foram multados e dois deles removidos por estacionamento irregular.

Como medida para reduzir o fluxo de pessoas no Arpoador, a Guarda Municipal antecipou o horário de fechamento do Parque Garota de Ipanema, das 19h para as 16h neste sábado (06/07) e domingo. Os agentes orientavam visitantes e frequentadores para o esvaziamento do local no horário previsto durante o patrulhamento realizado também nos acessos pela Rua Francisco Otaviano e na Avenida Francisco Bhering, até a altura da Praia do Diabo.

A Guarda Municipal atuou com efetivo de 71 guardas municipais da Coordenadoria Regional Sul e dos Grupamentos Especiais Tático Móvel (GTM), de Guardas Motociclistas (GGM), de Cães de Guarda (GCG) e de Operações Especiais (GOE).

  • 7 de fevereiro de 2021