Minha Casa, Meu Guarda: cadastramento para aquisição da casa própria é prorrogado até dia 25

Publicado em 13/11/2019 - 13:05 | Atualizado em 13/11/2019 - 13:10
Guardas municipais no lançamento do programa habitacional Minha Casa Meu Guarda. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do RioGuardas municipais no lançamento do programa habitacional Minha Casa Meu Guarda. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

A Guarda Municipal prorrogou até o dia 25 de novembro, o cadastramento para verificação de viabilidade para aquisição de imóvel junto ao Programa Habitacional “Minha Casa, Meu Guarda”, lançado pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, em outubro. O serviço será realizado das 10h às 16h, na sala 1 da Academia de Ensino, na sede da Guarda Municipal, em São Cristóvão. Técnicos da construtora MRV farão o atendimento aos interessados. Para agilizar o atendimento, é necessário levar documentação pessoal (identidade e CPF), o último contracheque, comprovante de residência do mês atual ou do anterior e documentação que comprove o estado civil (certidão de nascimento, casamento ou divórcio). Caso o servidor tenha cônjuge deve levar a mesma documentação (RG, CPF e último contracheque).

Saiba mais sobre o programa

O programa habitacional voltado para os servidores da Guarda Municipal oferece duas mil unidades em empreendimentos em Santa Cruz e em Campo Grande, na Zona Oeste. A previsão é que os profissionais recebam seus apartamentos em, no máximo, 18 meses. A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação fomentou a construção das novas unidades. Os apartamentos atenderão demandas atuais e também inscrições feitas em uma etapa anterior do programa que agora migram, automaticamente, para estes novos empreendimentos. Os imóveis terão cerca de 40 metros quadrados, dois quartos e infraestrutura de lazer no condomínio. Também serão disponibilizados empreendimentos em outros bairros da Zona Norte, sob consulta.

Os servidores da GM receberão um desconto de 12% em relação ao valor do Minha Casa, Minha Vida e serão beneficiados com imóveis voltados para a faixa 2 (renda bruta familiar de R$ 2,6 mil a R$ 4 mil), mas com os benefícios da compra de imóveis da faixa 1,5 (renda bruta familiar de R$ 1,8 mil até R$ 2,6 mil). Os imóveis, avaliados em cerca de R$ 170 mil, serão financiados por cerca de R$ 145 mil. A negociação será viabilizada pela Caixa Econômica Federal, com desconto em folha de pagamento.

Programa GMãe encerra atividades do ano com palestras e confraternização

A Coordenadoria de Valorização do Servidor (CVS) reuniu na segunda-feira, dia 11, na Academia de Ensino, 12 gestantes que participaram do último ciclo do programa GMãe de 2019. Além da confraternização, as gestantes aproveitaram a oportunidade para tirar as últimas dúvidas sobre a gestação e revisar tudo o que foi passado ao longo do ciclo, que contou com a participação de 15 gestantes.

– Fiquei muito satisfeita com o que aprendi. Esse apoio é fundamental para nós que estamos vivendo essa fase da vida. Além disso, recebemos também orientação sobre a documentação para entrada no auxílio maternidade, auxílio aleitamento e depois o auxílio natalidade da prefeitura – disse a guarda municipal Maluana Rangel (2º GPM), que está no sexto mês de gestação.

Criado pela CVS em 2018, por iniciativa da guarda municipal Anna Carolina da Silva, o programa visa oferecer assistência e orientação de profissionais especializados para as servidoras gestantes com o objetivo de preparar as futuras mamães para as novas descobertas e desafios da gravidez, desde a concepção, passando pela gestação, o parto até a maternidade. Ao todo, 44 gestantes já foram atendidas pelo programa. A CVS funciona no térreo da sede da GM-Rio, ao lado da entrada principal. Telefones: 2976-6121 e 2976-6122.

http://noticias.prefeitura.rio/saude/novembro-azul-guarda-municipal-realiza-campanha-de-combate-ao-cancer-de-prostata/

http://noticias.prefeitura.rio/educacao/guarda-municipal-inicia-roteiro-de-apresentacoes-especiais-de-auto-de-natal-em-escolas-municipais-veja-as-datas/