Guardas municipais estão sendo treinados para fazer registros de ocorrências online

Publicado em 17/09/2021 - 07:00 | Atualizado em 16/09/2021 - 19:51
Guardas municipais em patrulhamento - Robert Gomes / Divulgação

Os guardas municipais do Rio vão poder fazer registros de ocorrências de crimes de menor potencial ofensivo online. Isso será possível por meio de um convênio firmado entre a Guarda Municipal (GM-Rio) e a Polícia Civil, permitindo que os agentes acessem o Sistema de Ocorrência Virtual (SOVI) para dar início ao procedimento administrativo de confecção do RO.

A Guarda Municipal do Rio será a primeira do estado a contar com o recurso. O piloto dessa ação acontecerá em delegacias da Zona Sul, que concentram o maior número de prisões efetuadas pela GM-Rio. Além de dar mais agilidade ao trabalho dos guardas, a medida vai ajudar a desonerar as delegacias. O registro será enviado aos delegados, que farão a análise e a tipificação criminal de cada caso.

Ontem, instrutores da Academia de Ensino da GM-Rio e guardas da Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico (DDT) participaram de uma turma de capacitação na Academia de Polícia Civil (Acadepol). Esses profissionais serão multiplicadores para o efetivo, que acessará o aplicativo do registro pelo smartphone institucional.

No Brasil, guardas municipais de estados como Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul também já fazem o registro online.

  • 17 de setembro de 2021