Guarda Municipal realiza Semana da Consciência Negra

Publicado em 14/11/2021 - 10:26 | Atualizado

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) realizará entre terça-feira (16/11) e sábado (20/11) a Semana Solene de Homenagem à Consciência Negra. Uma série de atividades foi programada para celebrar a data em homenagem a Zumbi dos Palmares e de conscientização sobre a importância da cultura africana para o Brasil, bem como de combate ao racismo, à discriminação, à exclusão e à desigualdade. As atividades serão realizadas na sede da instituição, na Avenida Pedro II, nº 111, em São Cristóvão, na Zona Norte; e no Parque Radical de Deodoro, na Zona Oeste, onde funciona o projeto social Boa Guarda.

Durante os cinco dias de evento haverá atividades como palestras, homenagens, rodas de capoeira, samba de roda e a apresentação da Banda Sinfônica da GM-Rio, além de ações de conscientização. O evento, que já teve edições anteriores, contará também com a exposição Quebrando Barreiras, com acervo da Igreja Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito dos Homens Pretos, em conjunto com as obras “Nzinga”, “O pensador” e “O caçador”, do Consulado Angolano. A exposição funcionará no Salão Nobre da GM-Rio e será aberta ao público, podendo ser visitada a partir das 15h do dia 16 até às 16h do dia 20 de novembro.

 

– A Guarda Municipal pertence à cidade e está atenta a todos os movimentos que visam promover a cidadania do nosso Rio. O combate a todo tipo de discriminação já faz parte da nossa cultura, tanto no trabalho direto nas ruas como por meio de programas internos, que é o caso do “GM sem preconceito”, que atua nos eixos da discriminação de gênero, racial e do combate à violência doméstica. A Semana da Consciência Negra é um evento que coroa essa cultura de garantia de direitos e a fomenta cada vez mais entre o efetivo – destacou o comandante da GM-Rio, inspetor geral José Ricardo Soares.

 

A programação vai destacar artes e atividades originárias da cultura africana e também visando o bem-estar dos servidores. Haverá ainda um dia dedicado a palestras que vão debater os temas Racismo Estrutural e o Protagonismo da Mulher Negra no Pós Abolição.

Para falar sobre o primeiro tema, a GM-Rio convidou o padre  Edmar Augusto Costa, reitor da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos; e o advogado Humberto Adami Santos Júnior,  presidente da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O assunto terá a mediação do coordenador executivo de Promoção da Igualdade Racial do município, Jorge Adolfo Freire e Silva. Já o segundo tema será tratado pela  secretária de Política e Promoção da Mulher,  Joyce Trindade de Faria Gama; e pela presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro – COMDEDINE, Fátima Germano de Oliveira Malaquias. A mediação ficará por conta da guarda municipal Karla Osana de Oliveira.

No sábado, feriado do Dia da Consciência Negra, haverá apresentações de roda de capoeira feita por guardas municipais em frente a dois monumentos históricos para a cultura negra na cidade. O primeiro será a partir das 6h, em frente ao monumento de Zumbi dos Palmares, no Centro do Rio. A partir das 10h, no Cais do Valongo, no bairro da Saúde, Zona Portuária da cidade, haverá  apresentação da banda de música da GM-Rio,  roda de capoeira, samba e maculelê.

 

Confira a programação completa no cartaz em abaixo:

 

  • 14 de novembro de 2021