Filhote de dálmata é o mais novo integrante do Grupamento de Cães da Guarda Municipal

Publicado em 09/07/2019 - 11:50 | Atualizado em 10/07/2019 - 17:37
O dálmata Marshall, reforço da Guarda Municipal, faz pose no colo do parceiro de tropa. Foto: Robert Gomes / divulgaçãoO dálmata Marshall, reforço da Guarda Municipal, faz pose no colo do parceiro de tropa. Foto: Robert Gomes / divulgação

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro recebeu um reforço muito especial para compor o plantel do Grupamento de Cães de Guarda (GCG). É o filhote de dálmata Marshal, de seis meses, o primeiro dessa raça a integrar o canil. O nome do cãozinho foi inspirado no personagem da mesma raça do desenho animado Patrulha Canina, que faz muito sucesso entre as crianças.

Marshall é o primeiro dálmata da Guarda Municipal do Rio. Foto: Roberto Gomes / divulgação
Marshall é o primeiro dálmata da Guarda Municipal do Rio. Foto: Robert Gomes / divulgação

A raça tem aptidão e pode ser usada para guarda ou em ações de resgate, como acontece com o Corpo de Bombeiros e com a polícia nos Estados Unidos. Mas, assim como o sósia famoso, o Marshal chegou para reforçar a equipe de Showdog e será treinado para participar das apresentações de técnicas de adestramento que sempre chamam atenção de crianças e adultos.

Não é só o dálmata

Além de Marshal, a equipe do Showdog também recebeu mais dois reforços: o golden retriever Fred, de um ano e três meses, e a pastora alemã Lady, de um ano e cinco meses. Os dois cães também serão treinados para atuar no Showdog porque a equipe da GM-Rio já identificou características no temperamento deles que são as mais adequadas para exercer a atividade, como sociabilidade e docilidade.

Também existe a possibilidade de integrarem o programa de Cinoterapia, tratamento auxiliar com cães nos cuidados com pessoas com deficiência e idosos, que é realizado atualmente na APAE-Tijuca e no Abrigo Cristo Redentor.