Operações de fiscalização apreendem mais de 10 mil itens irregulares nos dias de folia

Publicado em 11/03/2019 - 15:21 | Atualizado
Fiscais da Fazenda realizam operação durante desfile de blocosFoto: Divulgação/CCU

A Subsecretaria de Licenciamento e Fiscalização e Controle Urbano apreendeu neste Carnaval mais de 10 mil itens irregulares no entorno do Sambódromo, em blocos de rua e em ações de ordenamento ligadas aos festejos. O volume equivale e 60 itens apreendidos por hora, um por minuto. Mais de 1.700 ambulantes foram fiscalizados. Só neste fim de semana, os fiscais apreenderam mais de 3 mil itens irregulares no Bloco Das Poderosas, Mulheres de Chico, Monobloco e no Sambódromo.

Entre os itens apreendidos estão bebidas diversas, vidro, isopores, cigarros, mesas, caixa de som, botijão de gás, churrasqueiras, triciclos e carrinhos. Tudo foi lacrado pela Coordenadoria de Controle Urbano e encaminhado para o depósito da Prefeitura. Ali, os produtos poderão ser recuperados mediante apresentação de nota fiscal. No Sambódromo, foram apreendidos 18 quilos de alimentos perecíveis.

Já os fiscais de atividades econômicas, da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização, atuaram no combate à publicidade não autorizada e na identificação de irregularidades cometidas por empresas. Os fiscais estiveram presentes nos blocos Da Poderosa, Bafafá, Eu amo Cerveja, Berço do Samba, Monobloco, Fofoqueiros de Plantão e Bloco Broxadão. Na sexta-feira (8/3), em bairros da Zona Sul, vistoriaram e notificaram bares e restaurantes pelo uso indevido de mesas e cadeiras. A publicidade irregular também foi coibida.

 

Balanço do Carnaval

– Mais de 10 mil itens irregulares apreendidos no entorno do Sambódromo, em blocos de carnaval e em ações de ordenamento ligadas aos festejos;

– Mais de 1.700 ambulantes fiscalizados;

– As operações tiveram foco em desocupação do espaço público por ambulantes irregulares e combate à comercialização de materiais de vidro;

– A Subsecretaria de Licenciamento e Fiscalização e Controle Urbano esteve à frente da Macrofunção Carnaval Mais Legal. Foram duas operações no Recreio dos Bandeirantes com o intuito de coibir evento irregular que causava transtorno à região. Os agentes apreenderam quase 400 itens como garrafas de vidro, bebidas diversas, carroças, botijões de gás e moendas de caldo de cana.

– No combate à publicidade não autorizada, a CLF atuou na identificação de irregularidades cometidas por empresas, que serão multadas.