Prefeitura ainda atua no entorno do Rock in Rio, onde Comlurb recolheu 317 toneladas de lixo

Publicado em 06/10/2019 - 12:59 | Atualizado em 07/10/2019 - 13:21
Estudo revelou aumento do percentual de componentes potencialmente recicláveis. Foto: Divulgação / Prefeitura do RioEstudo revelou aumento do percentual de componentes potencialmente recicláveis. Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio

O Rock in Rio chegou ao fim, e a Prefeitura do Rio permanece atuando no entorno do festival para melhor circulação, limpeza e segurança do público. No penúltimo dia de evento, a Comlurb contabilizou 56,7 toneladas de resíduos coletados na parte interna e externa. Foram 51,8 toneladas dentro do evento, sendo 11,5 toneladas de orgânicos e  40,3 toneladas de materiais potencialmente recicláveis (quase 80%), confirmando mais uma vez o sucesso da operação montada pela Comlurb para a segregação do lixo. Na área externa foram 4,9 toneladas de lixo coletadas.

No sexto dia da operação especial da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) para o Rock in Rio foram aplicadas 136 multas de trânsito, 47 remoções de veículos por estacionamento irregular, 12 autuações referentes ao transporte complementar- com três remoções de vans, sendo duas piratas – e 28 multas por evasão de tarifa do BRT.

Já as equipes da Subsecretaria de Vigilância Sanitária realizaram 44 inspeções na Cidade do Rock neste sábado, 5, com cinco estabelecimentos de alimentos autuados. Em dois deles fiscais identificaram profissionais que não passaram pelo curso gratuito de capacitação em higiene na manipulação de alimentos, como prevê a lei. As outras três infrações foram por irregularidades na rotulagem de produtos, falta de higiene no espaço físico e falta de licença de um veículo de transporte de produtos alimentícios.

Segundo o Alerta Rio, a previsão para este domingo, último dia de Rock in Rio, é de céu nublado e ventos moderados com possibilidade de rajadas fortes. Proteja-se dos raios solares com o uso de camisa, chapéu, óculos escuros e filtro solar.

VEJA A SEGUIR O RESUMO DA ATUAÇÃO DA PREFEITURA DO RIO:

Comlurb – Foi contratada pelo segundo ano para executar o serviço de limpeza, coleta e dar a destinação final adequada aos resíduos gerados na fase de montagem, durante o evento e desmontagem. A Companhia disponibilizou 1.143 garis e 158 agentes de limpeza urbana para executar os serviços de varrição e limpeza das áreas de circulação do público, VIP, arenas 2,3, velódromo, palcos e camarins, além de banheiros e postos de saúde.

Os garis estão atuando na parte interna em três turnos, com o apoio de 18 caminhões compactadores, um caminhão gaiola, quatro caminhões pipa, um mini basculante, duas varredeiras, 19 vans e 58 sopradores. Foram colocados na área interna 2.000 contêineres, sendo 1.000 com adesivos azuis para orgânicos e 1.000 com identificação na cor verde para os resíduos potencialmente recicláveis, para o descarte correto de lixo.

Na área externa, atuam mais 169 garis também em três turnos, com o apoio de nove veículos, incluindo caminhões compactadores e pipa, além de 30 sopradores. A área externa conta com 160 contêineres.

O total de resíduos coletados desde o evento-teste, em 24/09, já chega a 317,6 toneladas, sendo 111 toneladas de orgânicos e 206,6 toneladas de recicláveis. O Lixo Zero aplicou na área externa do festival apenas seis multas pelo descarte irregular de pequenos resíduos. Desde o início do festival, foram 26 multas.

Fazenda – A Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização e a Coordenadoria de Controle Urbano estiveram presentes no Rock in Rio.  Até agora, mais de 5000 itens foram apreendidos pelos agentes de controle urbano no entorno do evento. Dentre as apreensões estão, garrafas de vidro, óculos e carrinhos de carga, entre outros. As ações contaram com o apoio da GM.

Já a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização, emitiu, até o momento, 108 guias relativas à publicidade exibida no Rock in Rio e 170 alvarás de atividades econômicas. As equipes percorreram as instalações do RIR e verificaram que as atividades estão sendo realizadas de acordo com os alvarás concedidos.

As equipes da Secretaria Municipal de Fazenda continuarão a atuar no evento.

Seop e GM – Nos seis dias de evento, a operação especial da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) para o Rock in Rio registrou 1.591 infrações, sendo as principais: 725 multas de trânsito, 393 remoções de veículos, 293 autuações a vans e kombis irregulares (26 remoções de vans e 17 piratas) e 178 multas por calote no BRT, além de 43 credenciais falsas apreendidas, sendo 35 de trânsito livre para moradores e oito crachás individuais de staff.

Procon Carioca – Fiscais do órgão fiscalizaram 20 lojas no Rock in Rio neste sábado. Já foram 141 estabelecimentos fiscalizados desde o início do festival, na semana passada. Nenhum foi notificado. A fiscalização verifica se os estabelecimentos possuem certificados de aprovação do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água, checam as condições de armazenamento, temperatura e datas de fabricação e validade dos alimentos, assim como se a exposição dos preços está clara.

CET-Rio –  No sexto dia do Rock in Rio, o trânsito apresentou-se dentro de seus padrões habituais a maior parte do tempo. Foram observadas retenções apenas no final da tarde na Av. Salvador Allende em função do movimento de saída da praia somado ao movimento de chegada ao evento. Os bloqueios na região foram implantadas às 14h e às 5h20 todas as vias estavam liberadas para circulação normal. Mais de 500 agentes atuaram nas ações de trânsito ao longo de 18 horas de operação ininterrupta para garantir a chegada e saída dos espectadores e minimizar os impactos causados ao trânsito da cidade.

Saúde – No penúltimo dia de festival, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) seguiu com suas unidades de urgência e emergência de sobreaviso com equipes preparadas para receber possíveis emergências com múltiplas vítimas.

Durante o sexto dia de RiR, cinco pacientes atendidos no evento precisaram ser encaminhados para unidades de emergência da rede municipal de Saúde. No Hospital Municipal Lourenço Jorge foi socorrida uma vítima de atropelamento. O paciente chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos. A unidade também recebeu outro paciente que foi acolhido, medicado e já recebeu alta hospitalar. O Centro de Emergência Regional (CER) da Barra prestou atendimento a três pacientes que passaram por exames, foram medicados e liberados.

O esquema especial do Complexo Regulador para o evento realizou sete transferências de pacientes para unidades da SMS e da rede particular.

Pessoa com Deficiência e Tecnologia – O estande do órgão conta com 10 desenvolvedores de jogos das Naves do Conhecimento para expor os jogos no DevPark, estande da Secretaria na GamePlay – Arena da GameXP no Rock in Rio. Cerca de 10 mil pessoas já visitaram o estande e tiveram a oportunidade de conhecer o software de reconhecimento de voz, XULIA. Além disso, 70 jovens das Naves foram contratados para trabalhar durante os 7 dias de evento.

Centro de Operações – o órgão informa que as vias da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes, que ficam no entorno do Parque Olímpico, estão liberadas ao tráfego desde as 5h deste domingo, 6 de outubro. Os bloqueios serão novamente implementados a partir das 14h. Saiba mais: http://bit.ly/notaRIR2019

 

INFORME ALERTA RIO ESPECIAL RIR 2019 – 06/10 10h

Situação Atual: Céu parcialmente nublado a nublado, ventos fracos a moderados e sem chuva.

Dados precipitação e temperatura estação Alerta Rio – Barra/Riocentro (localizada no Parque Olímpico:) 0,0 mm / 26,7°C – 10h

Dados vento:

– Estação do Aeroporto de Jacarepaguá: 11,1 km/h de direção Sudoeste e intensidade fraca (10h)

– Estação INMET Jacarepaguá: 21,2 km/h de direção Sudeste e intensidade mderada (10h)

Previsão para as próximas horas: Céu parcialmente nublado a nublado, sem chuva, ventos moderados com possibilidade de rajadas fortes.