Prefeitura retoma construção de outras duas unidades escolares, que vão beneficiar mais de mil alunos 

Publicado em 03/11/2021 - 14:42 | Atualizado em 03/11/2021 - 14:47
Serão construídos um EDI e uma escola, que vão beneficiar mais de mil alunos - Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio em exercício, Carlo Caiado, o secretário de Educação, Renan Ferreirinha, e o secretário de Infraestrutura, Jorge Arraes, anunciaram nesta quarta-feira (03/11) a retomada das obras de construção de um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) e de uma escola voltada ao Ensino Fundamental I,  em Curicica, na Zona Oeste. No total, mais de mil alunos serão beneficiados.

Na escola, serão 24 novas salas para alunos do 1º ao 5º ano, com espaço multiuso e de leitura para 720 crianças em horário integral. Já o EDI terá 12 salas de atividades, berçário, pátio coberto e parquinho para 300 crianças, também em horário integral. A previsão é que as duas unidades, que fazem parte do projeto Fábrica de Escolas, fiquem prontas até o início do segundo semestre de 2022.

– É uma honra anunciar a volta de uma obra tão importante para a educação. Esse processo de retomada da Fábrica de Escolas pela Prefeitura começou em setembro, em Madureira. Essas duas escolas aqui são uma necessidade para Curicica e os moradores dessa região podem ter certeza que, no ano que vem, voltaremos para inaugurá-las – afirmou o prefeito em exercício.

 

Caiado: ‘Essas duas escolas aqui são uma necessidade para Curicica’ – Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio

 

Apesar de 40% das obras já terem sido executadas em 2016, a gestão passada não finalizou a construção das escolas nos últimos quatro anos. Os problemas de depreciação sofridos neste período também serão sanados com a retomada dos trabalhos.

 

– Fico muito feliz em conseguir retomar as obras que ficaram abandonadas na gestão anterior. O nosso objetivo é entregar todas essas unidades escolares, não só para aumentar o número de vagas disponíveis para nossas crianças, mas também para oferecer um espaço onde elas recebam educação de qualidade, em horário integral – destacou o secretário de Educação.

 

A secretaria de Infraestrutura, por meio da Rio-Urbe, será a responsável por concluir as obras das duas unidades, suspensas desde novembro de 2017. A parte estrutural está pronta e o próximo passo é finalizar as instalações, cobertura, quadra, pintura e demais acabamentos para receber os alunos.

 

– Estamos em Curicica retomando as obras que tinham sido paralisadas no governo passado. São duas escolas, uma primária e um EDI, em que vamos utilizar um saldo contratual da licitação que estava em andamento. Esta é a segunda etapa de retomada das obras de várias unidades do projeto Fábrica de Escolas. Essas duas aqui pretendemos entregar prontas em oito meses – disse o secretário de Infraestrutura.

 

Idealizado nas gestões anteriores do prefeito Eduardo Paes, o Projeto Fábrica de Escolas construiu cerca de 300 escolas ao longo dos oito anos de governo. Foram entregues para a população 276 unidades, sendo 196 EDIs e 80 escolas, e 29 seguiram em construção.

Nos últimos quatro anos, somente três unidades foram concluídas pela Prefeitura. Agora, a Secretaria de Educação retomou o projeto, com previsão de erguer mais 20 escolas.

No fim de setembro, a nova gestão anunciou a retomada da construção da Escola Municipal Luís Carlos da Fonseca, em Madureira. A unidade vai atender a 500 alunos do Ensino Fundamental, do 1° ao 5° ano, em horário integral. Em outubro, ocorreu a retomada da construção de mais duas escolas da Educação Infantil no Rocha e na Pavuna e também a reconstrução da unidade CM Pescador Albano Rosa, na Maré, atingida por um incêndio em setembro.

 

Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias na rede municipal de ensino

  • 3 de novembro de 2021