Educação homenageia Dia do Cantor Lírico com videoclipe de alunos-músicos e cantora do Theatro Municipal

Publicado em 21/07/2020 - 20:05 | Atualizado em 21/07/2020 - 21:55
Vídeo com alunos-músicos vai celebrar Dia do Cantor Lirico. Foto; Núcleo de Imagens/Prefeitura do rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, celebra nesta quarta-feira, 22/7, o Dia do Cantor Lírico. E para lembrar a data será lançado um vídeo de 12 alunos da Rede Municipal de Ensino interpretando a canção “Edlweiss”, composta por Richard Rodgers, e da mezzo-soprano do Theatro Municipal, Carla Rizzi. O lançamento do vídeo será às 12h, nas redes sociais do programa.  Toda a ação é gravada à distância, por cada integrante, e compilada em um único vídeo. A música foi trilha sonora do premiado filme A Noviça Rebelde, de 1965.

O canto lírico já se fez presente em momentos especiais das apresentações do Orquestra nas Escolas. Em 2019, os estudantes-músicos participaram de masterclasses com famosos cantores de óperas de países como o Canadá, Estados Unidos e Itália: a soprano Sondra Radvanovsky, o tenor americano Michael Fabiano e o tenor italiano Vittorio Grigolo, respectivamente.

A coordenadora do Programa, Moana Martins, defende essa relação estreita dos alunos das escolas municipais com o canto lírico.

— Fortalecer a diversidade da experiência artística e cultural na vida dos meninos e meninas da educação pública é ir ao encontro dessa missão educativa, que precisa ser plural, inclusiva e cada vez mais amplificada — declara a coordenadora.

Por conta da quarentena, o isolamento social foi mantido na gravação do clipe. Cada aluno tocou e cantou de sua própria casa. A harmonia musical é garantida pela edição, feita no computador, com a união dos trechos de cada intérprete até o arranjo final.

Música lírica encanta artista mirim

A flautista da Rede Municipal, Tainá Gomes, de 13 anos, teve uma estreia dupla: pela primeira vez gravou para a Orquestra Virtual e executou a música escolhida para esta semana.  A aluna do programa Orquestra nas Escola se disse fascinada pela experiência.

— Foi bem legal e eu não senti dificuldades para aprender, apesar de ser uma música antiga. Consegui me familiarizar rapidamente ao estilo dela, mesmo que seja diferente dos que eu costumo ouvir. Foi uma honra participar da gravação em homenagem a esses profissionais — disse Tainá.

A estudante também agradece a oportunidade de fazer parte da Orquestra, que tem levado músicas para todos os cantos da cidade.

— Para todos que tiveram e têm a oportunidade de participar do Programa Orquestra nas Escolas é muito importante porque nos modifica e nos completa de alguma forma. Lá, aprendemos a valorizar, apreciar e a entender o significado de cada tipo de música.

Orquestra Virtual

A orquestra virtual foi criada pelo Programa Orquestra nas Escolas para promover, durante o período de suspensão das aulas, apresentações musicais em que os alunos tocam e cantam de suas casas, sob a orientação de professores e maestros. A cada semana é lançado um novo vídeo, mudando sempre a formação.

Cerca de 200 alunos, integrantes de orquestras e coros, já participaram do projeto, tocando músicas como Amanhã, de Guilherme Arantes; Aquarela, de Toquinho; Preta Pretinha, de Moraes Moreira; O bêbado e a equilibrista, de Aldir Blanc, além de um medley de clássicos do funk, com DJ Marlboro.