Prefeito anuncia obras de climatização para 263 escolas do Rio

Publicado em 15/01/2019 - 17:47 | Atualizado em 22/02/2019 - 18:33
  • Início/
  • /
  • Prefeito anuncia obras de climatização para 263 escolas do Rio
Climatização nas EscolasRecesso escolar começa no dia 23 de dezembro

O prefeito Marcelo Crivella anunciou hoje um investimento de R$ 20 milhões para a climatização de 263 escolas da Rede Municipal de Ensino. Com a iniciativa, que vai trazer mais conforto para 135 mil alunos, todas as escolas municipais vão passar a contar com sistema de refrigeração nas salas de aula ainda neste verão.

A novidade foi comunicada pelo prefeito aos diretores das 263 escolas beneficiadas em cerimônia realizada no Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova, nas presenças dos secretários da Casa Civil, Paulo Messina, e de Educação, Talma Romero Suane.

“Temos que cuidar de nossas crianças. Elas são 35% da população, mas 100% de nosso futuro”, disse Crivella, reforçando seu compromisso com a Educação Pública do Rio de Janeiro. O prefeito também destacou à plateia a importância do papel dos professores na formação dos futuros cidadãos. “Cuidem de nossas crianças e nós temos o dever de cuidar de vocês”.

As instalações começam a ser feitas de imediato e a previsão de término é de no máximo 45 dias. Para dar mais agilidade ao trabalho, os processos de instalação serão descentralizados, mas sob a supervisão, acompanhamento e fiscalização da Empresa Municipal de Urbanização, a Riourbe.

A conclusão do processo de climatização da Rede Municipal de Ensino é uma das prioridades do prefeito Marcelo Crivella. Atualmente, 83% das 1539 unidades escolares da Prefeitura já são climatizadas.

Após fazer um agradecimento especial ao prefeito pelo compromisso e esforço na melhoria da qualidade da Educação da Cidade, a secretária Talma Suane explicou que a descentralização dará mais celeridade ao trabalho, permitindo que já nos primeiros dias do ano letivo – 11 de fevereiro para alunos – as refrigerações estejam sendo concluídas.

O processo de climatização das 263 unidades terá serviços diferenciados, pois algumas escolas já têm etapas cumpridas. Entre as obras previstas estão intervenções elétricas para receber o reforço de carga, que já está sendo providenciado pela Ligth; instalação de aparelhos de ar-condicionado e adequação de distribuição de carga, por exemplo.

De acordo com o secretário Paulo Messina, o governo municipal está trabalhando com seriedade e austeridade. E o momento agora é de realizar. “Os anos de 2017 e 2018 foram difíceis e exigiram muito trabalho para enfrentar a falta de recursos. “A crise passou. É hora de olhar para frente. Temos vontade política e o dinheiro está chegando”.