Prefeitura oferece série de opções online para garantir acesso da população à leitura

Publicado em 14/04/2020 - 14:35 | Atualizado em 14/04/2020 - 14:48

A quantos lugares um livro pode te levar sem sair de casa? Respondendo a essa pergunta, a Prefeitura do Rio, por meio da Gerência de Livro e Leitura da Secretaria Municipal de Cultura, criou uma série de iniciativas online para garantir a democratização da leitura a toda população. Projetos incentivados pela Lei do ISS também dão aula de cidadania e solidariedade nesses tempos em que o isolamento é fundamental para conter o avanço do novo coronavírus.

Uma das ações é o projeto Ônibus-biblioteca “Livros nas praças”, que existe há sete anos e é incentivado pela Lei do ISS, que direciona incentivos fiscais a projetos culturais na cidade. Com a impossibilidade do encontro nas praças, o projeto, que é parceiro da secretaria e já beneficiou mais de 70 comunidades e 300 mil leitores, disponibiliza de forma virtual livros em PDF para o público infanto-juvenil.

“Sabemos que nesse momento de isolamento, as crianças e adolescentes são os que mais sentem, e para que eles não percam o ritmo da leitura, decidimos disponibilizar os livros. A leitura nos permite ir para qualquer lugar, sem sair de casa. Uma boa leitura nos direciona onde nossa imaginação nos levar!”, afirmou Cristina Figueiredo, idealizadora do projeto, que além de ser uma biblioteca itinerante também realiza atividades culturais como leitura dramatizada, teatro literário e contação de história.

Incentivando não só a leitura, mas a possibilidade de autores e autoras declamarem textos autorais, a Rede Municipal de Bibliotecas criou ainda o “Sarau Virtual”, que consiste no compartilhamento de vídeos gravados pelo público leitor das bibliotecas municipais. Os vídeos são compartilhados nas redes sociais da Secretaria.

“Nesses tempos de quarentena, diversas iniciativas virtuais têm sido um alento para os leitores. De norte a sul do país, editoras, bibliotecas públicas e comunitárias, contadores de histórias têm movimentado a área do livro e leitura, com disponibilidade de livros em PDF, contações de histórias, mediação de leitura, entre outras ações lúdicas. A Gerência de Livro e Leitura, da Secretaria Municipal de Cultura, apoia e acredita que essas ações são fundamentais para que as pessoas possam passar por esses tempos difíceis para toda a sociedade”, ressaltou Renata Costa, Gerente da Gerência de Livro e Leitura.

Links para os livros:

“Branca de neve e os sete anões”

“O pequeno príncipe”

“Chapeuzinho vermelho”

“As abelhas e as formigas”

“O ratinho rói-rói”

“No reino das letras felizes”

“A bruxa e o caldeirão”

Conheça Outras iniciativas literárias

– Sala de leitura: A Secretaria Municipal de Educação lançou um canal no YouTube. O canal Sala de leitura SME Carioca, para incentivar a leitura dos alunos da rede municipal de ensino, disponibiliza vídeos com contação de histórias e materiais lúdicos.

– Tecendo uma rede de leitura: A Iniciativa, formada por um grupo de bibliotecas comunitárias da Baixada Fluminense , disponibiliza em sua fanpage no Facebook dicas de leitura.

– Leia Para Uma Criança Negra: projeto online que disponibiliza dicas de leituras infantis com referenciais de autores e histórias africanas e afro-brasileiras.

– Grupo Ujima: Às segundas, quartas e sextas-feiras, o Grupo Ujima realiza contação de histórias afrorreferenciadas no Instagram e Facebook , a partir das 18h.