Prefeitura do Rio oficializa parceria com Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura

Publicado em 07/08/2020 - 15:21 | Atualizado
Assinado protocolo de intenção para Economia Criativa. Foto: Márcio Leandro

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, junto a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), assinou na última quinta-feira, 06 de agosto, um protocolo de intenções para atuação conjunta na área cultural , com foco na população jovem e adulta. A iniciativa é um marco para a cidade do Rio em investimento na juventude carioca por meio da economia criativa.

As iniciativas serão realizadas através do programa “Jovem Hiper Criativo”, que tem como objetivo gerar oportunidades de acesso à cultura, capacitação e formação na área cultural, além de buscar promover o empreendedorismo em economia criativa.

– Estamos muito felizes com essa parceria tão importante para os nossos jovens empreendedores. Vai ser uma oportunidade muito boa para eles tirarem aquele projeto que tanto sonham do papel , e os que já têm vão poder expandir ainda mais! – disse o prefeito Marcelo Crivella.

Nessas capacitações os empreendedores participarão de uma maratona de oficinas e formações gratuitas no desenvolvimento de elaboração de projetos , marketing digital , captação de recursos e criação de plano de negócios. A proposta irá englobar todos os setores da cadeia produtiva cultural. Dentre eles, música, dança, audiovisual, moda, entre outros.

– Trazer para a política pública uma parceria com uma renomada Organização de reconhecimento mundial consolida a implementação de um projeto de cidade criativa que estamos lutando para construir. A economia criativa é a grande vocação da cidade do Rio, pensando o potencial de geração de emprego e renda, sobretudo em um momento de pós pandemia. Essa parceria é uma vitória para a cidade do Rio! – frisou o secretário Municipal de Cultura , Adolfo Konder.

A implementação da cooperação técnica ocorrerá por meio de um plano de trabalho, cujo entendimento será definido entre a Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro e a OEI. Ambas as instituições coordenarão por dois anos ações para o desenvolvimento e fortalecimento de atividades que direcionarão seus objetivos para a transversalidade da cultura como meio de transformação social, contribuindo também com a população mais vulnerável.

A capacitação por meio do Jovem Hiper Criativo prevê desde criação de cursos a treinamentos e formações voltados ao fomento de programações culturais. Também está previsto o estímulo à troca de experiência de redes colaborativas, bem como incentivar o debate sobre a gestão, uso e ocupação de espaços culturais.

– Firmamos, com o protocolo de intenções, uma parceria importante por se tratar de uma cidade central em produção cultural e intelectual, reunindo grandes artistas e com potencial para gerar resultados expressivos, por meio da economia criativa, em benefício do conjunto da sociedade – ressalta o diretor e chefe da representação da OEI no Brasil, Raphael Callou.

A parceria está alinhada as diretrizes prioritárias do Plano Nacional de Cultura, às previsões do Programa Plurianual da OEI (2019-2020) e da Carta Cultural Ibero-Americana, instrumentos que coadunam para a promoção do setor cultural, tanto brasileiro quanto o ibero-americano de forma a garantir o desenvolvimento da economia, enquanto meio de criação e de difusão de cultura, de expressão e afirmação das identidades, assim como de geração de renda e oportunidades.