Orquestra Afro-Brasileira, a pioneira da música negra no Brasil, comemora 80 anos no Teatro Ipanema

Publicado em 14/06/2022 - 11:18 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Orquestra Afro-Brasileira, a pioneira da música negra no Brasil, comemora 80 anos no Teatro Ipanema
A Orquestra Afro-Brasileira é considerada a primeira experiência de erudição da música negra do país - Divulgação

A Orquestra Afro-Brasileira comemora 80 anos com um concerto gratuito, nesta terça-feira (14/6), às 19h, no Teatro Municipal Ipanema, na Zona Sul do Rio. O objetivo é comemorar também o aniversário de Carlos Negreiros, último músico remanescente da formação original da orquestra, fundada em 1942.

A banda lançou seu último disco em 2017 em comemoração aos seus 75 anos, depois de um hiato de 40 anos longe dos palcos. A apresentação tem patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura – via Fomento à Cultura Carioca (Foca).

Recentemente, o primeiro vinil do grupo, o Obaluayê (1957), foi reeditado pela Day Dreamer Records. Em breve, serão lançadas, nas plataformas de streaming de música, mixagens em parceria com grandes nomes do rap nacional como Marcelo D2, Criolo, Emicida e Rael.

Atualmente, o grupo tem 17 músicos com larga experiência no Brasil e no exterior. Eles tocam composições de Negreiros e do maestro fundador, Abigail Moura.

A Orquestra Afro-Brasileira é considerada a primeira experiência de erudição da música negra do país e foi revolucionária ao juntar os tambores das religiões de matriz africana com os instrumentos da música europeia clássica.

 

Serviço:

Teatro Municipal Ipanema: Rua Prudente de Morais 824, Ipanema. Ter (14/6), às 19h. Grátis. Livre.

  • 14 de junho de 2022