Musical Pretos Novos é destaque na programação dos teatros da Secretaria de Cultura

Publicado em 11/05/2022 - 18:35 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Musical Pretos Novos é destaque na programação dos teatros da Secretaria de Cultura

Nesta quinta e sexta-feira (12 e 13/5), a Sala Municipal Baden Powell recebe o espetáculo Pretos Novos, uma performance cênica musical que retrata a construção da imagem das pessoas pretas no Brasil. Este é um dos destaques nos teatros da Secretaria Municipal de Cultura, entre esta quinta-feira e domingo (15/5), que tem ainda uma agenda infanto-juvenil nos teatros de bonecos e fantoches ao ar livre. Confira a programação completa abaixo.

 

Sala Municipal Baden Powell 

Av Nossa Senhora de Copacabana 360, Copacabana.

Pretos novos

Uma performance cênica musical que retrata a construção da imagem do Preto ao longo da história na sociedade. A dramaturgia resgata a memória histórica vivida por pretos descendentes de reis e rainhas trazidos para o Brasil chegados da África e desembarcados no Rio de Janeiro em meados do século XIX é uma narrativa em que dois atores em um jogo cênico com o uso de tecnologia, da música e vídeos mapping se apropriam e interpretam esses personagens que se encontram ao longo da história em tempos diferentes.

Qui e sex, às 19h. R$ 10. 60 minutos. 16 anos.

Meu coração (ou de carinho e de sexo)

É uma peça teatral escrita e dirigida por João Cícero que conta a história de amor de Wanda (Paula Furtado) e de Claudemir (Carlos Augusto Marinho) – amantes que compartilham momentos afetuosos, violentos e confusos durante um longo período de suas vidas. É uma peça de amor diferenciada por localizar as personagens em espaços sociais empobrecidos e pouco romantizados. Do mesmo modo, a relação de Wanda e Claudemir não é apresentada como uma história de amor com final feliz e nem trágico, mas como uma reflexão sobre os desencontros de um amor que amadurece e nunca alcança a plenitude.

Sáb, às 19h30. Dom, às 18h. R$ 30. 75 minutos. 16 anos.

 

Teatro Municipal Café Pequeno

Av. Ataulfo de Paiva 269, Leblon – 3111-2011. R$ 10 a R$ 30, contribuição voluntária.

Meus cabelos de baobá

Inspirado no caráter cíclico das mitologias africanas, a história se desenvolve em torno de Dandaluanda. Ao se deparar com episódios nevrálgicos na infância, a menina fantasia um diálogo com o Baobá e é correspondida. A magia que emana da árvore de origem africana, invade a cena e faz com que a mulher Dandaluanda, também alimentada pela sua ancestralidade, valorize sua identidade negra e se torna rainha.

Qui, às 20h. 50 minutos. 14 anos.

Cabaré diferentão

Cabaré de Variedades que se dedica a fomentar a arte Burlesca! O Cabaré Diferentão, que tem direção da curadora do Festival “Yes, Nós temos Burlesco”; Marco Chavarry (a.k.a. Delirious Fenix), vem com o objetivo de reunir os novos talentos do Burlesco carioca, fortalecendo a cena e trazendo uma releitura desta tradicional arte que é o Burlesco.

Sáb, às 20h. 60 minutos. 18 anos.

Leitura querido Brasil

17h | Aza Njeri (UFRJ), Isabel Perroni, Pedro Kosovski (PUC)

18h | Dieymes Pechincha (UFRJ), Claudia Mele (CAL), Thiago Catarino (PUC) e Poliana Paiva (UFRJ)

19h | Roda de Conversa

Dom.  40 minutos. Livre.

 

 

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto 

Rua Humaitá 163, Humaitá.

Exposição – Um gesto de encontro

Com a curadoria do artista visual Duda Simões, a exposição reúne trabalhos de artistas da cena musical na ótica das artes visuais nos anos 2000, década do surgimento da “nova” Lapa carioca

Sex a dom, das 17h às 20h. Gratuito. Livre. Até 25 de maio.

Relatos de professores

Texto: Adriano Moura. Direção: José Sisneiro. Com Edilson Souza, Bia Bardi e Jon Sandes.

Quatro professores vão à sala de psiquiatria, onde passarão por uma sessão de análise investigativa. Os fatos narrados provocam uma tensão entre a comédia e o drama.

Sex e sáb, às 20h. Dom, às 19h. R$ 30. 60 minutos. 16 anos. Até 15 de maio.

Ingressos: Vendas na bilheteria do equipamento a partir de 18h.

 

 

Teatro Municipal Ruth de Souza

Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa

Voz Surda

Texto e direção: Rodrigo Carvalho. Com Gustavo Alves e João Mabial.
Dois trabalhadores em um ambiente de trabalho insalubre aguardam o patrão chegar para assassiná-lo. Em seguida, bate-papo com o ator e pesquisador Jé Oliveira – Fundador do Coletivo Preto/SP – mais duas convidadas pretas e periféricas: Pamela Carvalho – Maré/RJ e Nathália Mendes – Vidigal/RJ.

Sáb e dom, às 18h. Grátis. 45 minutos. Livre. Até 29/5.

Paisagem sonora

O projeto é um evento de Música instrumental que cria uma trilha sonora ao vivo para imagens projetadas da natureza, criando uma imersão sensorial de som e imagem.

Sex, às 19h. Grátis. 60 minutos. Livre

 

 

FLIST – Festa Literária De Santa Teresa 

Depois de dois anos com a sua festa literária virtual, o Centro Educacional Anísio Teixeira – CEAT apresenta a 14ª FLIST toda presencial, e retorna ao Parque das Ruínas, em Santa Teresa. São mais de 50 atrações, entre literatura, artes plásticas, artesanatos, música, teatro e dança. Destaque para a homenagem ao autor indígena, Daniel Munduruku, importante pela sua trajetória como escritor, produtor cultural e pacifista.

Sáb e dom, das 10h às 18h. Grátis. Livre.

 

Teatro de Guignol da Tijuca

Praça Xavier de Brito, Tijuca

Contos do príncipe

Um espetáculo solo de contação de histórias, interpretado pelo ator Junior Dantas. Serão apresentados cinco contos africanos.

Sáb, às 16h. Grátis. Livre.

 

Teatro de Guignol do Méier

Praça Jardim do Méier

Contos do príncipe

Um espetáculo solo de contação de histórias, interpretado pelo ator Junior Dantas. Serão apresentados cinco contos africanos.

Dom, às 10h. Grátis. Livre.

 

 

Teatro de Fantoches e Marionetes Carlos Werneck de Carvalho
Av. Infante Dom Henrique s/nº, Flamengo

Pixinguinha para Crianças – histórias e sons do Menino Bom

Unindo música e performance com bonecos, máscaras e brinquedos, o espetáculo apresenta histórias, músicas e arranjos desse grande mestre da música.

Dom, às 10h. Grátis. Livre.

  • 11 de maio de 2022