Feira de São Cristóvão terá nova gestão para melhorar qualidade de serviços prestados à população

Publicado em 17/01/2020 - 09:05 | Atualizado
A Feira de São Cristóvão passará a ter um novo modelo de gestão - Marco Antonio Rezende/Prefeitura do Rio

A tradicional Feira de São Cristóvão vai viver novos tempos. A Prefeitura do Rio assinou o termo de posse, que cria a Comissão de Organização e Administração do Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, com participação do Ministério Público, por meio da promotora Gláucia Maria da Costa Santana. Composta por feirantes, a Comissão tem o objetivo de fiscalizar e cumprir o regime interno do espaço cultural, além de administrar e gerir o local, garantindo transparência e eficiência.

– O Ministério Público parabeniza a Comissão pelo trabalho desenvolvido, juntamente com a Secretaria de Cultura, em favor da gestão do Centro de Tradições Nordestinas – destaca a promotora.

As secretarias municipais de Cultura e Fazenda promoverão, em conjunto, estudos para o estabelecimento de um novo modelo de gestão para o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, no prazo de 60 dias. A ideia é promover melhorias estruturais e de ordenamento, aumentando a qualidade dos serviços oferecidos à  população. Para o secretário municipal de Cultura, Adolfo Konder, esse é um momento especial para os feirantes e frequentadores.

– Esse passo é muito importante para iniciar um novo modelo de gestão na Feira. Uma das preocupações da minha gestão é tornar os equipamentos sustentáveis do ponto de vista financeiro – finaliza Konder.

 

A literatura de Cordel é uma tradição na Feira de São Cristóvão – Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio

 

A ideia é que a nova gestão da feira garanta transparência e eficiência nos serviços prestados – Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio