Prefeitura realiza oficina de revitalização de monumentos no Recanto do Trovador

Publicado em 11/03/2021 - 13:47 | Atualizado em 11/03/2021 - 15:05
A primeira atividade de recuperação será a de um bebedouro do século XIX, conhecido como “bacia do elefante” ou "bebedouro das girafas - Prefeitura do Rio

A Fundação Parques e Jardins (FPJ), em parceria com o Instituto IEVA, adotante do Parque Recanto do Trovador, em Vila Isabel, está promovendo uma oficina de revitalização de monumentos, direcionada à capacitação profissional de egressos dos sistemas penal e socioeducativo.

Coordenada pelo Gerente de Gestão de Praças e Parques Históricos da FPJ, Luciano Caetano, a primeira atividade está voltada para a recuperação de um bebedouro do século XIX, conhecido como “bacia do elefante” ou “bebedouro das girafas”, na época em que era sede do Jardim Zoológico do Rio, de 1888 a 1940, antes de ser transferido para a Quinta da Boa Vista.

Nas primeiras aulas, os participantes aprenderam a preparar a massa de restauro e também realizaram a caiação da peça. A oficina integra o projeto Transformando Vidas, que propõe ainda aulas de jardinagem e de educação ambiental.

Mutirão de serviços

O Parque Recanto do Trovador recebeu em fevereiro um mutirão de serviços da prefeitura para a revitalização do espaço. A força-tarefa, organizada pela FPJ, contou com a participação da Comlurb, Seconserva e Rioluz, com supervisão da Subprefeitura da Grande Tijuca. O local recebeu um conjunto de ações de limpeza, poda alta de árvores, poda baixa de arbustos e alguns reparos na estrutura do parque.

O Recanto do Trovador, que completa 133 anos em 2021, é um espaço muito querido pelos moradores de Vila Isabel e foi adotado pelo Instituto IEVA com a proposta de valorizar a imagem cultural, ambiental e, sobretudo, histórica do parque.

  • 11 de março de 2021