Prefeitura emite notificações para construções irregulares erguidas em áreas públicas de Santa Cruz

Publicado em 24/05/2021 - 16:35 | Atualizado
Foi dado um prazo de sete dias para que os proprietários retirem suas mercadorias - Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio, por meio de ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva) e a Subprefeitura da Zona Oeste, emitiu nesta segunda-feira, 24 de maio, 20 notificações para edificações sem licença na Avenida Cesário de Melo, na altura do número 13.441. Foi o saldo da operação para identificar construções irregulares em área pública no bairro de Santa Cruz.

Do total de edificações notificadas pela equipe da Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (COOPE), vinculada à Seconserva, cinco estavam ocupadas, sendo usadas para atividade comercial, e 15 estavam desocupadas, com obras em andamento. Foi dado um prazo de sete dias para que os proprietários retirem suas mercadorias.

No local, também foram encontradas demarcações de lotes ainda sem construções, mas que já estavam sendo comercializados. Segundo denúncias, a área seria dominada por milicianos.

A ação conjunta de vistoria e notificação precede a operação de demolição de todas as edificações que não atenderem à determinação de desocupação das áreas públicas.

  • 24 de maio de 2021