Prefeitura emite notificações para construções irregulares em áreas públicas em Jacarepaguá

Publicado em 18/05/2021 - 17:04 | Atualizado
Foram identificadas 40 construções irregulares - Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio, por meio de ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva) e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP), fez uma operação de ordenamento urbano em Jacarepaguá, nesta terça-feira (18/05). Ao todo, foram identificadas 40 construções irregulares erguidas em área pública destinada à calçada, localizadas na Rua Araticum, no Anil. Segundo denúncias, o local seria dominado por milicianos.

A equipe da Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (COOPE), vinculada à Seconserva, emitiu 35 notificações para edificações sem licença e foi dado um prazo de sete dias para que os proprietários retirem seus pertences.

Agentes da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU) apreenderam 173kg de alimentos (frutas) que estavam sendo comercializados por ambulantes, sem autorização. Os perecíveis foram doados para o Lar Maria de Lourdes, um abrigo para crianças e adolescentes com necessidades especiais, localizado na Taquara.

Além disso, a CCU emitiu cinco notificações para quiosques que funcionavam de forma irregular e os fiscais da Vigilância Sanitária e da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF) interditaram um estabelecimento, expediram dez Termos de Visita Sanitária e dez autuações. Também foram retiradas cinco ligações clandestinas de abastecimento de água pela Cedae e cinco de energia elétrica pela Light.

A Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (CFER), vinculada à SEOP, removeu um veículo que estava estacionado em local proibido. Outros dois foram multados.

A operação teve a participação de 31 servidores e contou com o apoio da Guarda Municipal, da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária, da Cedae e da Light. Para o trabalho, foram usadas oito viaturas, um caminhão e um reboque.

  • 18 de maio de 2021