Chafariz da Praça Saens Peña, na Tijuca, volta a funcionar após sofrer vandalismo

Publicado em 04/01/2022 - 11:11 | Atualizado em 04/01/2022 - 11:42
O chafariz da Praça Saens Peña foi religado após ação de vândalos - Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio

O chafariz da Praça Saens Peña, na Tijuca, que sofreu vandalismo menos de uma semana após ser religado, voltou a funcionar na noite desta segunda (3/1). Técnicos da Gerência de Monumentos e Chafarizes, vinculada à Secretaria Municipal de Conservação, trabalharam desde domingo (2/1), a fim de reparar os danos.

Na madrugada de domingo, vândalos arrombaram e abriram o local onde fica o registro de saída do lago, fazendo com que a água não ficasse na altura mínima para permitir o acionamento das bombas. A equipe da Conservação fez a revisão das bombas e do comando elétrico. Foi preciso recuperar o quadro de comando do chafariz, bem como substituir cabos conectores e algumas peças, danificadas pelo vandalismo.

 

– A Conservação zela pela cidade, mas é fundamental que a população colabore e denuncie atos de vandalismo. É lamentável que algo assim aconteça. Esperamos que o chafariz da Saens Peña continue embelezando a praça e fazendo a alegria dos moradores da Tijuca e de quem passa por ali – disse a secretária de Conservação, Anna Laura Valente Secco.

 

Um dos símbolos da Tijuca, o chafariz da Praça Saens Peña havia sido religado na quarta-feira, 29 de dezembro, após passar por um restauro completo, depois de quatro anos parado. Feito em concreto armado, ele tem três jatos: um de névoa e um sólido, conhecido como canhão, que ficam nas extremidades do lago, e outro de névoa, localizado na parte central.

O projeto é do arquiteto e urbanista José da Silva Azevedo Neto (1908-1962), que tem diversas obras espalhadas pela cidade, embora algumas tenham sido descaracterizadas ao longo do tempo. Na Zona Norte, por exemplo, são de Azevedo Neto a Praça Edmundo Rego, no Grajaú, e a própria Praça Saens Peña. Na Zona Sul, destacam-se o Jardim de Alah e as praças Antero de Quental, no Leblon, General Osório, em Ipanema, e Cardeal Arcoverde, em Copacabana.

  • 4 de janeiro de 2022