Comlurb registra 58 quedas de árvores na cidade

Publicado em 24/01/2023 - 13:26 | Atualizado
A Comlurb segue trabalhando na remoção das árvores que caíram por conta do forte temporal que atingiu a cidade - Divulgação

A Comlurb registrou a queda de 58 árvores na cidade desde a tarde de segunda-feira (23/1) até as 11h desta terça-feira (24/1), após o forte temporal que se abateu sobre a cidade, principalmente na região de Jacarepaguá. Segundo o  Sistema Alerta Rio, algumas regiões da cidade registraram  rajadas de vento de até 79,6 quilômetros/hora. Das 58 ocorrências, as equipes da Comlurb já finalizaram o serviço de remoção de árvores e grandes galhos em 39 delas. Em cinco o serviço segue em andamento, com as equipes nos locais.

Outras dez árvores que estão em conflito com a rede elétrica precisam do apoio da Light para desligamento da rede, garantindo a segurança dos garis durante a execução dos serviços. A concessionária já foi acionada para essas ocorrências e assim que houver o desligamento da rede, as equipes da Comlurb farão as remoções das árvores e dos grandes galhos. Em quatro ocorrências o serviço ainda não teve início porque as equipes da Comlurb estão priorizando os atendimentos conjuntos com a Light.

A Comlurb enfatiza que a queda de uma árvore é considerado evento extraordinário causado por intempéries da natureza, como condição climática adversa, como uma grande tempestade com ventos muito fortes, o que ocorreu na segunda-feira. Outros potenciais fatores para a queda de um vegetal são: o estado fitossanitário da árvore, como rachaduras, o surgimento de pragas e gola feita de forma inadequada, que prejudica a entrada de água no solo e a respiração do sistema radicular, prejudicando consideravelmente seu desenvolvimento.

  • 24 de janeiro de 2023
  • Skip to content