Comlurb inicia operação de ecoponto e serviço de coleta com trator na Mangueira

Publicado em 20/10/2022 - 11:30 | Atualizado
Localizado próximo da quadra da escola de samba, o ecoponto funcionará, diariamente, das 6h às 18h - Divulgação

A Comlurb leva duas grandes novidades para a comunidade da Mangueira, na Zona Norte, nesta sexta-feira (21/10), a partir das 11h: o início da operação do ecoponto localizado na Rua Visconde de Niterói, no lado oposto ao número 805, próximo à quadra da escola de samba, e do serviço de coleta domiciliar pelos becos com o novo trator que atenderá também as comunidades do  Arará e da Barreira do Vasco, diariamente, proporcionando mais dinamismo e agilidade na gestão de resíduos.

O ecoponto contará com uma caixa compactadora de 15m³ para receber resíduos domiciliares e duas caixas estacionárias de 5m³ exclusivas para entulho, galhadas, pedaços de madeira e bens inservíveis, como móveis e eletrodomésticos. Os moradores poderão colocar seus resíduos diariamente no espaço, das 6h às 18h.

Com mais essa entrega, a Companhia chega a 11 ecopontos lançados apenas este ano. Os outros dez são: Vagão e Vila Jurema, em Realengo; Santo Amaro, no Catete; Madureira, embaixo do Viaduto Negrão de Lima; Mineira, no Catumbi; comunidades de Vigário Geral, Parada de Lucas e Amarelinho;  Novo Lar, no Recreio; e Camarista Méier, no Engenho de Dentro.

O presidente da Comlurb, Flávio Lopes, falou do foco na valorização das comunidades:

 

– Seguindo a orientação do prefeito Eduardo Paes, estamos trabalhando muito para valorizar quem vive nas comunidades da cidade, com foco na otimização da gestão de resíduos. Com o trator fazendo a coleta porta a porta e o ecoponto para receber diferentes tipos de materiais, teremos uma comunidade mais limpa e com muito mais qualidade de vida.

 

A Comlurb tem incentivado cada vez mais que os moradores façam a separação de resíduos potencialmente recicláveis em casa. A Companhia está empenhada em reformar e implantar novos ecopontos em diversas regiões da cidade, especialmente em áreas mais críticas de descarte irregular. Assim, a Comlurb garante que locais antes degradados passem a contar com pontos ordenados de descarte, com remoção regular dos resíduos por caminhões. A previsão é que até o fim do ano mais de 20 ecopontos sejam finalizados. Além de fundamentais para a ordenação dos resíduos, os ecopontos ajudam no controle de vetores e melhoria da saúde pública.

  • 20 de outubro de 2022
  • Skip to content