Alunos vencedores da Olimpíada Municipal de Ciência e Tecnologia recebem notebooks

Publicado em 07/04/2022 - 15:10 | Atualizado em 07/04/2022 - 15:45
Alunos vencedores da Olimpíada Municipal de Ciência e Tecnologia - Divulgação SMCT

A Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (SMCT) e a Secretaria Municipal de Educação (SME) realizaram, nesta quinta-feira (7/4), na Nave do Conhecimento do Engenhão, a entrega de dez notebooks para os alunos das equipes que se destacaram na primeira edição da Olimpíada Municipal Estudantil de Ciência e Tecnologia.

Receberam os computadores doados pela SME, os alunos da Escola Municipal Olímpica Carioca Nelson Prudêncio, na Ilha do Governador, na Zona Norte, vencedores da competição com o Projeto Sonhar. Um aplicativo criado para auxiliar jovens estudantes a opinarem sobre o futuro da educação por meio de um game. Também receberam os notebooks os alunos da E.M. Sobral Pinto (2ª Lugar, Projeto – CLASSLINE) e a equipe da E.M. Rose Klabin (3º Lugar, Projeto – Aplicativo Conectando Suburbanos).

 

– Conseguimos realizar a competição num momento muito difícil, quando atravessávamos uma pandemia. Nossos esforços para implementar essa iniciativa valeram a pena. Com certeza colheremos os frutos por meio dessa geração de alunos vencedores. Promoveremos outras edições das Olimpíadas a cada ano – afirmou Willian Coelho, secretário municipal de Ciência e Tecnologia.

Promovida pela SMCT, com apoio da SME, a disputa foi realizada no formato online, entre os dias 20 e 22 de outubro do ano passado. O objetivo da competição estudantil foi incentivar os alunos do Ensino Fundamental da rede municipal a identificarem problemas reais e desenvolverem soluções baseadas em ciência e tecnologia, por meio de uma maratona de criatividade, empreendedorismo e inovação, que durou três dias.

 

– É importante ver um projeto assim em uma escola municipal. Estes jovens são protagonistas de suas histórias e queremos incentivá-los a exercer sua cidadania, desenvolver soluções para sociedade e fortalecer habilidades que serão úteis, tanto na vida educacional como na profissional. Estamos indo muito além do muro das escolas e preparando eles para o futuro – explicou o secretário municipal de Educação, Antoine Lousao.

 

Um dos propósitos da Olimpíada foi motivar o ecossistema empreendedor voltado para os jovens, estimulando também a criação de startups a partir de desafios expostos nos temas: meio-ambiente, Covid-19 e os impactos na juventude, futuro da educação, direitos humanos, geração de renda e saúde.

  • 7 de abril de 2022
  • Skip to content