Secretaria de Políticas de Promoção da Mulher visita subprefeituras na Zona Oeste para ampliar atendimento a cariocas

Publicado em 11/01/2021 - 16:33 | Atualizado em 11/01/2021 - 17:23
Ação da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Mulher na Zona Oeste. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Mulher começou a percorrer as subprefeituras da cidade para mapear espaços adequados ao atendimento das cariocas. As visitas às unidades tiveram início na sexta-feira (08/01), pela Zona Oeste. A secretária Joyce Trindade e sua equipe foram à subprefeitura de Jacarepaguá e às Regiões Administrativas de Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, da Subprefeitura da Zona Oeste. As unidades do Centro e das zonas Norte e Sul também estão na rota da pasta.

A secretaria planeja oferecer oficinas de capacitação financeira, profissional e sobre direitos, além de assessoramento jurídico e apoio psicológico nas Subprefeituras e em outros espaços cedidos. A ideia é aproximar as mulheres desses serviços e ampliar o atendimentos que atualmente é feito pelas Casas da Mulher Carioca em Madureira e Realengo e no Centro Especializado de Atendimento à Mulher, no Centro.

Talita Galhardo, Subprefeita de Jacarepaguá, e Edson Menezes, Subprefeito da Zona Oeste, se colocaram à disposição para aproximar as ações da Secretaria das comunidades da região, colaborando com o levantamento de dados e disponibilizando espaços na Subprefeituras e Regiões Administrativas.

Secretaria Aberta

Em Campo Grande, com apoio da Subprefeitura da Zona Oeste, foi realizada a primeira roda de conversa com lideranças comunitárias e movimentos sociais da região com a Secretária Joyce Trindade. Um diálogo fundamental para iniciar a aproximação e a criação de uma Secretaria Aberta, atenta às necessidades locais e com transparência.

Foram levantadas as necessidades de ações articuladas com a educação, cultura e saúde, além de ações de apoio e fortalecimento das mulheres agricultoras da cidade, muito presentes em territórios urbano-rurais da Zona Oeste.

Estiveram presentes 22 mulheres de mais de 15 coletivos e movimentos da região.

  • 11 de janeiro de 2021