Procon Carioca encontra irregularidades e notifica lojas em fiscalização na Semana dos Pais

Publicado em 13/08/2019 - 17:00 | Atualizado em 14/08/2019 - 10:33
Fiscais do Procon Carioca visitaram shoppings do Rio para verificar se havia desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor. Foto: divulgaçãoFiscais do Procon Carioca visitaram shoppings do Rio para verificar se havia desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor. Foto: divulgação

O Procon Carioca realizou uma intensa fiscalização em diversos shoppings do Rio na semana anterior ao Dia dos Pais. E encontrou irregularidades, como, por exemplo, produto vencido desde 2015 numa barbearia. Dos 45 estabelecimentos fiscalizados, 18 foram notificados por motivos diversos, entre eles falta de certificado do Corpo de Bombeiros, ausência de Alvará, preços não expostos de forma clara e produtos fora da validade.

Os fiscais verificaram se os estabelecimentos estavam de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor. No Norte Shopping, em Del Castilho, os agentes notificaram três lojas por falta de precificação nos produtos expostos: Reserva, Polo Wear e Cia dos Pés. Também encontraram talco vencido em 2015 e óleo para barba vencido em 2018 na Barber House. A barbearia foi apenas orientada, por se tratar de microempresa. Neste caso, na segunda visita, se a irregularidade permanecer, ela será notificada, podendo inclusive ser multada.

O Shopping Rio Sul, em Botafogo, teve oito lojas notificadas: Reserva, VRK e Crawford, por falta de precificação e ausência do certificado do Corpo de Bombeiros; Foxton, pela falta do Alvará, preço em alguns produtos, certificado do Corpo de Bombeiros e potabilidade da água; e as lojas AD, Aviator, Oakley, Limits e Via Veneto pela ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

Consumidor pode denunciar nas redes sociais

Já no Barra Shopping, na Barra da Tijuca, os fiscais do Procon Carioca notificaram sete estabelecimentos: Foxton, Reserva e Brooksfield pela falta do certificado do Corpo de Bombeiros e Alvará; e as lojas VR Collezioni, Aviator e Barbearia Texana pela ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

As lojas notificadas têm dez dias para apresentar defesa ao Procon Carioca e poderão ser multadas.

O presidente do órgão, Benedito Alves, ressaltou que o consumidor é o principal aliado do Procon Carioca na defesa de seus direitos:

– Ele pode registrar reclamações sobre irregularidades que tenha encontrado em algum estabelecimento comercial nas nossas redes sociais, e os fiscais irão até o local checar – informou.

O Procon Carioca recebe denúncias nos seguintes canais:

Agentes do Procon Carioca em ação em shopping. Foto: divulgação
Agentes do Procon Carioca em ação em shopping. Foto: divulgação