Vacinação unificada vai contemplar pessoas com comorbidades e profissionais de oito categorias

Publicado em 01/04/2021 - 19:03 | Atualizado em 02/04/2021 - 10:53
Oito categorias de profissionais que estão na ativa entraram no grupo prioritário - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

As prefeituras do Rio de Janeiro, de Maricá, de Niterói e de Itaguaí anunciaram nesta quinta-feira (01/04) um calendário de vacinação unificado contra a Covid-19 para pessoas com idade entre 59 e 45 anos desde que façam parte dos seguintes grupos prioritários: portadores de comorbidades ou deficiência permanente, trabalhadores da saúde, educação, serviços de limpeza urbana, policiais civis e militares, guardas municipais, bombeiros e agentes penitenciários em atividade.  O cronograma será iniciado no dia 26 deste mês, após a conclusão da aplicação das doses em idosos com até 60 anos.

– Já que não há vacina para todos, devem valer critérios técnicos e científicos. O que importa é o compromisso desses quatro municípios de assegurarem critérios de acordo com o grau de periculosidade da doença para a população. O importante é continuar protegendo as vidas de quem está mais exposto – disse o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Os critérios de prioridade adotados pelos municípios são, pela ordem: idade (sempre os mais velhos na frente) e grupos considerados mais vulneráveis às complicações da doença ou mais expostos ao contato com o vírus. Os trabalhadores das áreas incluídas no novo calendário deverão, obrigatoriamente, estar na ativa em suas funções e dentro da faixa etária estabelecida. No momento da vacinação, deverão apresentar comprovante da atividade na profissão, como o contracheque.

As comorbidades consideradas para a vacinação, que deverão obedecer a tabela de idade, são aquelas incluídas na lista do Programa Nacional de Imunizações (PNI): diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave. O portador dessas comorbidades deverá apresentar atestado de seu médico confirmando a condição de saúde.

O calendário unificado de vacinação dos quatro municípios começa em 26 de abril com os portadores de comorbidade e trabalhadores das áreas listadas de 59 anos; e vai até o dia 29 de maio, para quem tem 45 anos. Serão dois dias para cada idade: 26 e 27/04, para pessoas com 59 anos; 28 e 29/04, com 58 anos; 30/04 e 1º/5, com 57 anos e, assim em diante, pelas quatro semanas seguintes.

– É muito importante que a gente entenda que os municípios precisam trabalhar juntos, de forma integrada e, também com o governo do Estado. Dias atrás procuramos o prefeito Eduardo para integrar as ações de Niterói com as do Rio. A gente sabia que precisava tomar medidas para proteger nossa cidade. Não adiantava fazer isso se não tivéssemos essa forma integrada – reforçou o prefeito de Niterói, Axel Grael.

O cronograma de vacinação foi elaborado conforme a previsão de chegada de novas remessas das vacinas contra o coronavírus que deverão ser enviadas pelo Ministério da Saúde para os municípios. Para a ampliação do calendário para outros grupos, as prefeituras dependerão de envios futuros de doses.

– Acima de tudo temos a preocupação de salvar vidas. Vimos a importância de unificar a vacinação para evitar a migração de pacientes de um município para o outro – disse o prefeito de Itaguaí, afirmou o prefeito Rubem Vieira.

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, reforçou a mensagem:

– Acho importante essa ação conjunta. Quero ressaltar o apelo para que outras prefeituras busquem uma adequação e a sinergia desse calendário. Isso nos ajuda, enquanto gestores, a vencer esse momento mais crítico da pandemia.

 

  • 1 de abril de 2021