Prefeitura realiza “Blitz da Vida” contra a Covid-19 na Barra da Tijuca

Publicado em 30/09/2020 - 14:21 | Atualizado
Nesta quarta, 30/09, pelo segundo dia seguido, a força-tarefa integrada pela Seop fiscaliza o comércio e atende a população em situação de rua no bairro da Zona OesteNesta quarta, 30/09, pelo segundo dia seguido, a força-tarefa integrada pela Seop fiscaliza o comércio e atende a população em situação de rua no bairro da Zona Oeste. Crédito: Divulgação Seop / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realiza, nesta quarta-feira, 30/09, pelo segundo dia consecutivo, ação conjunta do projeto “Blitz da Vida”, na Barra da Tijuca, na Zona OesteCom a participação de diversos órgãos municipais, a força-tarefa atua na fiscalização do comércio, acolhimento à população em situação de rua e limpeza urbanasempre com foco no enfrentamento à pandemia de Covid-19Lançada há mais de dois meses, a “Blitz” já passou por 13 bairros com áreas sensíveis a aglomerações durante a retomada, onde fiscalizou mais de 1,8 mil estabelecimentos e ambulantes, acolheu 227 pessoas em situação de rua, e recolhecerca de 62 toneladas de resíduos.

Somente nesta terça-feira, 29/09, na Barra da Tijuca, os agentes orientaram oito ambulantes sem autorização desocuparem o espaço público; retiraram um trailer (notificado anteriormente) no Jardim Oceânico; abordaram 15 pessoas em situação de rua; multaram 15 veículos de transporte complementar, removendo duas vans por irregularidades; e recolheram 400 quilos de resíduos sólidosO roteiro contemplou os entornos das estações de BRT e Metrô, as avenidas Érico Veríssimo, Olegário Maciel e Ministro Ivan Lins, as praças São Perpétuo e do Pomar, a Praia dos Amores e a Rua Sargento João de Faria.

Balanço geral da “Blitz” na cidade – Em dez semanas, de 21/07 a 25/09, a “Blitz da Vida” registrou 1.879 fiscalizações e orientações a estabelecimentos comerciais (831) e ambulantes (1.048), e 927 abordagens a pessoas em situação de rua, com 227 acolhimentos. A força-tarefa contabiliza mais de 500 multas de trânsito por diversas irregularidades, com 239 remoções de veículos por estacionamento irregular e 229 autuações a vans e kombis do transporte complementar de passageiros; e retirada de mais de 62 toneladas de resíduos sólidos. O levantamento corresponde à atuação em 1bairros: Centro, Copacabana, Ipanema, Leblon, Campo Grande, Santa Cruz, Tijuca, Freguesia de Jacarepaguá, Taquara, Praça Seca, Madureira, Cascadura e Méier.

Outros números – Desde o início das ações de combate à pandemia, em 18 de março, a Seop integrou mais de 619 operações conjuntas em toda a cidade, onde foram fiscalizados 38.788 estabelecimentos, com 28.094 pontos comerciais fechados. Além disso, foram atendidas 11.417 ocorrências pelo Disk Aglomeração, que funciona desde 31 de março com base em chamados à Central 1746.

Órgãos – As ações conjuntas são planejadas pela Subsecretaria de Operação (Subop) da Seop e contam, de acordo com a necessidade operacional, com efetivos da Guarda Municipal, e das coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), Especial de Transporte Complementar (CETC) e de Cuidado e Prevenção às Drogas (CPD), ligadas à pasta; Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano (da Secretaria Municipal de Fazenda); Subsecretaria de Vigilância Sanitária (da Secretaria Municipal de Saúde); Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Comlurb; Cedae; Light; Rioluz; e Polícia Militar.