Prefeitura promoveu live com especialistas para discutir o futuro do saneamento no Rio

Publicado em 03/07/2020 - 18:51 | Atualizado
Live discutiu o futuro do saneamento. - Foto: Reprodução Facebook

A Prefeitura do Rio, por meio da Fundação Rio-Águas, promoveu, nesta sexta-feira (3/7), live de especialistas para discutir o futuro do saneamento no Rio. A ação foi pensada diante da aprovação, no Senado, do novo marco regulatório do saneamento e da discussão pública do novo modelo de concessão da Cedae à iniciativa privada.

A transmissão ao vivo contou com a participação do presidente da Rio-Águas, Claudio Dutra; da diretora de Saneamento da fundação, Tatiana Mattos; do médico e gestor público, Alexandre Arraes; e do professor Gandhi Giordano, do Departamento de Engenharia Sanitária e do Meio Ambiente/FEN da UERJ. O debate online aconteceu pela página do Facebook @fundacaorioaguas e pelo canal da Rio-Águas no YouTube.

“Trazer à discussão pública o tema do saneamento da cidade e as perspectivas diante de mudanças significativas em curso, como o novo marco regulatório do saneamento e a nova concessão da Cedae à iniciativa privada, é uma oportunidade para esclarecer este processo e como a participação da população é importante. Este momento que estamos vivendo é crucial para definir as perspectivas para o futuro do saneamento da cidade, que inclusive estará marcado por um contexto de pós-pandemia”, pontuou o presidente da Rio-Águas, Claudio Dutra.

A Rio-Águas é o órgão de referência em drenagem urbana e saneamento no município e atua como ente regulador da concessão dos serviços de esgoto de 22 bairros da Zona Oeste.