Prefeitura lança plataforma que reúne propostas das crianças para a cidade

Publicado em 16/12/2021 - 15:01 | Atualizado

A Prefeitura do Rio, por meio do da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento (SMFP) e da Secretaria Municipal de Educação, lançou, nesta quinta-feira (16/12), o Criança Participa, plataforma que reúne sugestões de crianças e adolescentes para políticas públicas da cidade. O site funciona como um repositório das cerca de 55 mil contribuições dos pequenos para projetos como o Planejamento Estratégico 2021-2024 e o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Rio. O projeto é coordenado pelo Escritório de Planejamento da SMFP.

 

– Mais de 1/3 da população mundial é formada por crianças, que, em geral, são vistas como cidadãs do futuro e não do presente. Nós entendemos que elas precisam ter voz no processo de construção das políticas públicas, e por isso fizemos questão de inseri-las no debate. O Criança Participa é uma forma de mostrarmos para o cidadão e para as crianças e adolescentes do Rio os resultados desse trabalho de escuta – explicou o secretário de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo.

 

No evento de lançamento, a Prefeitura demonstrou como navegar pela plataforma e apresentou resultados do Mapeamento Afetivo, um mapa interativo que revela a percepção e o desejo das crianças para o espaço urbano compreendido entre o trajeto de casa até a escola. Os dados mostram que o que os pequenos mais querem é uma cidade mais limpa, mais arborizada e segura. As respostas podem ser vistas por meio de desenhos e textos e também discriminadas por regiões.

Os dados foram obtidos por meio de duas principais perguntas: 1) Como é o caminho que você faz da sua casa até a escola em que estuda e 2) Agora que você respondeu a primeira pergunta, descreva em desenhos e/ou palavras, o que você deseja para esse percurso. O trabalho de pesquisa envolveu aproximadamente 40 mil pessoas e gerou o georreferenciamento de dados de mais de 13 mil estudantes de escolas municipais.

 

– Ouvir as opiniões das nossas crianças melhora o respeito do carioca em relação ao próximo e ao patrimônio público, além de fortalecer as noções de cidadania. São relatos sensíveis de mais de 13 mil estudantes contando o percurso de casa até a escola. É muito bom que a nossa rede de educação possa contribuir com esse processo de participação popular na construção do planejamento estratégico do município – disse o Secretário de Educação, Renan Ferreirinha.

 

O Criança Participa também reúne informações sobre as 15 mil participações de crianças e adolescentes, com idades entre 6 e 15 anos, na construção do Planejamento Estratégico da cidade. O processo participativo foi feito por meio de enquetes virtuais e atividades como desenhos em sala de aula e do Conselhinho da Cidade. O grupo reúne 22 representantes de alunos da rede para debater melhorias para o Rio.

O resultado destas interações mostrou que escolas abertas com mais espaços para atividades livres depois da aula e aos fins de semana; espaço para praticar esporte e atividades de lazer, como uma vila olímpica; e praças adequadas para convivência entre amigos e vizinhos foram as principais demandas das crianças e adolescentes para as regiões onde moram.

  • 16 de dezembro de 2021