Prefeitura do Rio recebe equipamento que vai tornar mais eficiente confecção de mobiliário para praças

Publicado em 05/11/2020 - 20:15 | Atualizado
A máquina, conhecida como Serra-Fita, foi doada pela empresa Trial e trará mais agilidade e eficiência ao serviço. Crédito: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Comlurb, recebeu nesta quinta-feira (05/11) um equipamento especial para corte de troncos remanescentes de podas e remoções de árvores realizadas na cidade. A máquina, conhecida como Serra-Fita, foi doada pela empresa Trial e trará mais agilidade e eficiência ao serviço, garantindo uma quantidade maior de peças de mobiliário urbano que serão usadas nas revitalizações de praças em todas as regiões. Um tronco que renderia dois bancos, com a Serra-Fita é capaz de produzir até seis unidades. Com o trabalho manual, o gari levava até 30 minutos para cortar o tronco e, em média, duas horas para lixar. Com o novo maquinário, o mesmo tronco pode ser cortado em apenas 40 segundos e, pela qualidade do corte, o gari leva apenas 20 minutos para lixar a peça antes de transformá-la em mobiliário urbano.

Presente à entrega do equipamento na oficina da Comlurb no Catiri, em Bangu, o diretor da Trial, Julius Stepansky, reconheceu a importância do trabalho realizado na Comlurb:

– Entendemos a enorme importância da Comlurb para a cidade do Rio. É necessário olharmos de forma mais inteligente para esses materiais e entender o valor que eles têm, antes de descartá-los em aterros. Espero que mais empresas entendam que o gerenciamento correto de resíduos é uma forma de economizar recursos e valorizar cada vez mais o meio ambiente -, disse.

Coordenadora da Coleta Seletiva da Comlurb e responsável pelo serviço de revitalização de praças na Companhia, Jussara Macedo ressaltou a importância do novo maquinário:

– A Serra-Fita vai ser um divisor de águas no nosso trabalho, pela otimização dos serviços e por garantir mais segurança aos garis. A máquina beneficia a todos: a Comlurb, os empregados da Companhia e os cariocas, que ganham lindíssimos mobiliários feitos com troncos -, resumiu.

 

 

  • 5 de novembro de 2020