Prefeitura do Rio realiza nova edição do mutirão de tapa-buracos nas ruas da cidade

Publicado em 06/09/2021 - 21:56 | Atualizado em 07/09/2021 - 16:43
Operação tapa-buraco na Zona Norte - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação (Seconserva), promoveu nesta segunda-feira (06/09) um novo mutirão de tapa-buracos em vários bairros da cidade. A ação começou às 8h e, ao fim do dia, foram fechados 1.683 buracos, com 260,44 toneladas de massa asfáltica. A pavimentação foi recuperada numa área total de 3.376,89 metros quadrados (m2).

Na primeira edição, em agosto, foram tapados cerca de mil buracos. Na maioria das vezes, o serviço atende a chamados abertos pela Central 1746. Mas também é resultado de vistorias de manutenção realizadas pelos técnicos.

A secretária de Conservação, Anna Laura Valente Secco, acompanhou o trabalho das equipes:

 

– Nossa força-tarefa envolveu todas as 25 gerências da Seconserva. Estamos muito satisfeitos com o resultado e posso garantir que faremos outros mutirões. Cada vez mais, as equipes estão atentas às demandas e trabalhando sem descanso, a fim de garantir que a população transite pelas ruas com mais segurança, sem sustos nem prejuízos.

 

Aproveitando o trânsito mais tranquilo nas ruas por causa do feriadão, as equipes puderam atuar com mais rapidez nas vias. Além disso, as usinas de asfalto do Caju e de Santa Cruz trabalharam a pleno vapor, produzindo a massa asfáltica transportada nos caminhões basculantes da Conservação até os pontos mapeados previamente, abrangendo todas as regiões do município.

As equipes eram compostas por rasteleiros, operadores de máquinas, motoristas, serventes e encarregados. A função de rasteleiro é fundamental no tapa-buraco, pois é esse profissional que espalha o material asfáltico na via e garante um bom acabamento para que seja compactado pelo equipamento chamado “rolinho”.

O passo a passo do tapa-buraco:

I- Primeiro, o profissional faz a marcação no chão para sinalizar a área onde será executado o serviço;
II- Depois, é aplicada uma pintura de ligação, a fim de garantir a aderência entre o asfalto novo e o antigo;
III- Em seguida, é colocada a massa asfáltica;
IV- Por último, entra em cena o rolo compactador, para selar a superfície e dar acabamento.

  • 6 de setembro de 2021