Prefeitura do Rio chega à marca de 23 mil cestas básicas entregues a famílias cariocas

Publicado em 29/04/2020 - 17:06 | Atualizado em 29/04/2020 - 17:28
Suprimentos de primeira necessidade são organizados para a confecção de cestas básicas. Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio de Janeiro tem trabalhado arduamente no combate ao novo coronavírus e, em suas metas, está garantir a sobrevivência de milhares de famílias cariocas afetadas economicamente pela pandemia. Por este motivo, após determinação do prefeito Marcelo Crivella, desde março já distribuiu cerca de 23 mil cestas básicas para a população, incluindo taxistas, ambulantes legalizados, pacientes de hemodiálise e moradores de comunidades beneficiados pelo programa Territórios Sociais, que auxilia pessoas em situação de extrema pobreza. Parte do material foi comprado pelo município, que também recebeu doações de empresas para atingir este objetivo.  Está programada para as próximas semanas a entrega de outras 14.700 cestas na cidade.

Os alimentos estão sendo comprados, arrecadados e distribuídos pelas secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos, Educação, Cultura e Pessoa com Deficiência e Tecnologia;  pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária, órgão ligado à Secretaria de Saúde; pela Riotur e pela Obra Social Abrace o Rio, comandada pela primeira-dama da cidade, Sylvia Jane Crivella.

 

Saiba mais sobre a distribuição

 

Assistência Social

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos comprou 25 mil cestas básicas. Das 20 mil já entregues pelo fornecedor, 12.200 foram para ambulantes legais (8.100) e taxistas auxiliares (4.100). A distribuição ocorreu em pontos de apoio da Guarda Municipal e num sistema drive thru montado no Riocentro, respecitivamente.

Das 7,8 mil cestas em estoque, 6 mil serão entregues para auxiliares de ambulantes, a partir da próxima segunda-feira.

As 5 mil que faltam ser entregues pelo fornecedor chegam na semana que vem e serão destinadas a grupos que não eram alcançados anteriormente pela Assistência Social, como: mototaxistas, guardadores de veículos, associação de Músicos, comunidades quilombolas e ambulantes de trem do ramal Santa Cruz.

A Assistencia Social recebeu ainda a doação de 3 mil cestas, via Secretaria de Cultura.

Todos os pacotes entregues têm arroz, feijão, farinha, óleo, sal refinado, açúcar, leite em pó, café, macarrão, extrato de tomate, sardinha em lata, fubá de milho, achocolatado em pó e biscoitos.

Educação

A Secretaria de Educação entregou, em 19 de março,  1.500 cestas básicas para as famílias de alunos que foram almoçar nas escolas nos dois primeiros de suspensão das aulas, em março.

Cultura

Já entregou 2.888 cestas básicas, doadas pela empresa Sportingbet, para profissionais da cultura que atuam na cidade. Ainda serão distribuídas 270 cestas, fruto da mesma parceria. Ao todo, a campanha vai beneficiar 12.640 pessoas das zonas Norte, Oeste e Sul e do Centro.

Obra Social Abrace Rio

A Obra Social Abrace o Rio já conseguiu entregar 1.775 cestas básicas. Desse total, 1.290  foram para famílias do Programa Territórios Sociais, do Instituto Pereira Passos, que atende pessoas  que vivem abaixo da linha da pobreza e em regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Do material arrecadado, mil cestas foram entregues pela comunidade chinesa do Rio, por meio da Câmara de Intercâmbio Cultural Brasil/China.

Pessoa com Deficiência e Tecnologia

A Secretaria da Pessoa com Deficiência e Tecnologia está distribuindo até o fim desta semana 1.700 cestas básicas, sendo 200 doadas por servidores e parceiros e  1.500 ofertadas pela Sportingbet. Estão sendo beneficiados os usuários dos equipamentos municipais e de centros de convivência, além de funcionários de limpeza, vigilância e de entidades parceiras.

Vigilância Sanitária

Entregou 520 cestas, entre os dias 17 e 27 deste mês, a pacientes em tratamento de hemodiálise em unidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Riotur

Mestres e diretores de baterias das escolas de samba do Rio criaram a campanha “Ritmo Solidário” e arrecadaram 100 cestas básicas. Famílias da Acadêmicos de Santa Cruz, do Salgueiro e da Estácio já foram atendidas. O mutirão ocorre no Sambódromo, espaço gerido pela Riotur. Informações e contato para doações pelo e-mail ritmosolidario@gmail.com.