Prefeitura divulga novas ações de combate à disseminação do coronavírus

Publicado em 19/03/2020 - 12:20 | Atualizado em 19/03/2020 - 20:20
Médicos realizando procedimento no mutirão de cirurgias ortopédicasA Prefeitura vai convocar 200 novos profissionais de Saúde - Arquivo/Prefeitura do Rio

Ao divulgar nesta quinta-feira (19/3) novas medidas para combater a pandemia do coronavírus, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmou que agentes da Prefeitura vão fiscalizar as 36 garagens de veículos do BRT para garantir que todos estejam  circulando. Os motoristas flagrados transportando passageiros em pé poderão ser detidos por desobediência, o que é previsto no Código Penal. Caso as medidas não surtam efeito em 48 horas, o serviço BRT será suspenso para não disseminar o Covid-19.

O motorista tem a autoridade de parar o ônibus e se negar a continuar em defesa das vidas das pessoas que estão ali e da sua própria – afirmou o prefeito.

 

Zona Sul, maior foco de contágio

O prefeito disse que essa é uma das medidas fundamentais para combater a propagação do Covid-19.

– Nosso pior problema de foco é na Zona Sul, e o BRT liga a Zona Oeste à Zona Sul. Se com essas medidas houver a desobediência civil dos operadores do sistema, o BRT será suspenso – afirmou Crivella, em entrevista após reunião do gabinete de crise, na Cidade das Artes.

 

Alteração da escala da Guarda Municipal

Para intensificar as medidas de restrição de aglomerações, incluindo a fiscalização nas garagens do BRT, o prefeito enviou à Câmara de Vereadores mensagem pedindo a alteração da escala dos guardas municipais.

– Estamos enviando um pedido à Câmara de Vereadores para que ela se reúna e nós possamos trocar a escala dos guardas municipais de 12 por 60 horas para, nesse caso de crise, 12 por 36 horas, que é usada pelos policiais militares e é suportável – explicou Crivella.

 

Quiosques da orla fechados

Por determinação do prefeito, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) também está orientando comerciantes de quiosques da orla a encerrarem suas atividades, por uma questão de saúde pública, neste período de quarentena. O prefeito também informou que as boates na cidade serão fechadas.

 

Saúde convoca concursados e ganha reforço dos ônibus da liberdade

O prefeito anunciou ainda que 200 enfermeiros e 80 técnicos de enfermagem estão sendo chamados para a rede municipal de saúde, que terá também o reforço de 250 ônibus da liberdade, usados no transporte de alunos da rede municipal de ensino, que está com as aulas suspensas.

 

Confira as novas ações da Prefeitura do Rio e mais informações sobre a situação na cidade

 

Saúde:

 

– Frota de 250 ônibus da Liberdade para a Saúde

 

– 280 novos profissionais da saúde concursados (200 enfermeiros e 80 técnicos)

 

– Atualmente há 55 cidadãos com coronavírus no município do Rio

 

– 806 respiradores comprados. 200 chegam em abril e o restante em maio

 

– Governo Federal tem mais 1 mil respiradores para mandar para o Brasil todo

 

– Governo do Estado esta semana mandará 10 kits de leitos de emergência para o município

 

– Suspensão da castração de cães e gatos por 25 dias para que os profissionais possam ajudar às equipes

 

– Drive-thru para vacinação contra Influenza

 

– Solicitar aos profissionais médicos que orientem seus pacientes sobre os riscos

 

Assistência Social: 

 

– CRAS e CRES continuam abertos, de 10h às 14h, com agendamento

 

– 400 vagas em quartos de hotéis para idosas e gestantes em situação de rua (parceria com Governo do Estado)

 

– Estoque de 20 mil cestas básicas para setores da sociedade, como os taxistas, por exemplo, que sofrem com a diminuição da arrecadação da atividade econômica

 

Desenvolvimento e Emprego

 

– Restaurantes populares permanecem abertos

 

Educação: 

 

– Google for Education para aulas virtuais, que contabiliza tempo de uso por alunos e professores

 

– Ampliação de rede de internet para uso de professores e alunos

 

– Material para reposição de aulas pronto

 

– Aplicativo para aulas on-line direcionadas para o segmento educacional específico, que vai desde a educação infantil até a educação de jovens e adultos

 

– Plataforma de Matemática e de alfabetização

 

– Material didático-pedagógico sendo disponibilizado nas redes sociais da Secretaria de Educação

 

– Suspenso temporariamente o Riocard para os alunos

 

– Plano B para alimentação dos alunos: já entregando cestas básicas para as famílias cadastradas que foram às escolas na segunda-feira e terça-feira porque precisavam se alimentar. Hoje foram distribuídas 1.000 cestas

 

Transportes:

 

– Funcionários da SMTR nas estações dos BRTs para fiscalizar lotação. Motoristas autorizados a parar o ônibus se o veículo estiver lotado

– Caso não respeitem, vamos parar o BRT

– Colocar todos ônibus do BRT para circular. No BRT está o maior problema. Ou todos os ônibus funcionam ou param todos

– Adiar pagamento de taxas para taxistas por 60 dias

 

Hospital de campanha:

 

– Já hoje operacionalizando, com o Governo Federal, o hospital de campanha. Gabinete de crise trabalhando no local

– Depósito preparado para a chegada de insumos para o hospital de campanha

– Forças Armadas montam o hospital de campanha em um dia

 

Outras medidas:

 

– Fechar boates que estiverem funcionando

– Solicitar à Câmara Municipal, em regime de excepcionalidade, a redução da escala da Guarda Municipal de 12h por 60h para 12h por 36h

– 1746 exclusivo para denúncias de eventos e dar apoio e orientação a idosos e preservação da saúde mental dos cidadãos

– Feiras serão intercaladas de 15 em 15 dias

– Sesi de Honório Gurgel cedido pela Firjan para apoio à população

Representantes do setor econômico são recebidos pela Prefeitura para discutir medidas contra o coronavírus